PPGINF PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppginfo

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCINDA DE ALMEIDA LERIA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUCINDA DE ALMEIDA LERIA
DATA : 31/07/2019
HORA: 09:00
LOCAL: sala 307, 3º andar, Bloco B, Campus SA da Fundação Universidade Federal do ABC, localizada na Avenida dos Estados, 5001, Santa Terezinha, Santo André, SP
TÍTULO:

ACESSIBILIDADE DIGITAL EM AVALIAÇÕES EM LARGA-ESCALA VISANDO A INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA VISUAL



PÁGINAS: 60
RESUMO:

Os estudantes com deficiência visual, participantes do sistema regular de ensino brasileiro, utilizam para realizar suas atividades educacionais, computadores e tecnologias assistiva como, lupas, softwares para leitura através de voz sintetizada, calculadora sonora, máquinas em braile entre outros recursos, os quais são disponibilizados pelo Ministério da Educação nas salas de recursos multifuncionais da educação básica. Todavia, durante as avaliações para o acesso a educação superior o uso destes recursos não é, regularmente, permitido, o que dificulta a realização da prova por parte da pessoa com deficiência visual. Para o processo seletivo universitário, usualmente, são disponibilizados materiais adaptados e o auxílio humano, este com a finalidade de leitura da prova, descrição das imagens, preenchimento de gabaritos e transcrição da redação. Consequentemente, para a realização do exame a pessoa com deficiência visual depende, fortemente, da capacitação e das habilidades de outras pessoas, que estão sujeitas a falhas. Neste cenário, a pessoa com deficiência visual não tem a mesma oportunidade de realizar o exame com independência, como os outros concorrentes, fator que pode prejudicar o seu acesso à educação superior. O objetivo deste estudo é promover o acesso da pessoa com deficiência visual à educação superiore o direito educacional durante a realização da prova. Assim, se faz necessário, investigar o perfil e o desempenho do estudante com deficiência visual nas avaliações universitárias no cenário atual Brasileiro, além de pesquisar soluções, utilizadas em outros países, para acessibilizar as avaliações. Observa-se, no âmbito internacional, um crescimento da aplicação de avaliações em larga-escala baseadas no computador, substituindo a prova tradicional com o uso do lápis e papel, no entanto, são raros os estudos da aplicação desta solução para acessibilização de avaliações em larga-escala, para pessoa com deficiência no Brasil. Visando preencher esta lacuna, essetrabalho apresenta a aplicação prática de uma avaliação baseada no computador, utilizada em avaliações internacionais, para viabilizar a participação autônoma da pessoa com deficiência visual, no contexto brasileiro, utilizando, especificamente, o modelo de avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Assim, esse estudo apresenta uma pesquisa que engloba revisão de literatura para mapeamento de soluções acessíveis, análise quantitativa da participação da pessoa com deficiência no ENEM, instalação, customização, testes e aplicação de uma solução tecnológica para sujeitos com deficiência visual realizar o ENEM, observação em campo, aplicação de questionário e finalmente, através da análise dos resultados obtidos, espera-se a apresentar o diagnóstico com dos fatores positivos e negativos no uso da solução avaliada, bem como os principais desafios para promover condições de igualdade no acesso da pessoa com deficiência visual na educação superior.



MEMBROS DA BANCA:
Membro Titular - Examinador(a) Externo ao Programa - 1763436 - JULIANA CRISTINA BRAGA
Membro Titular - Examinador(a) Externo ao Programa - 1763439 - LUCIANA PEREIRA
Presidente - Externo ao Programa - 1305717 - PRISCILA BENITEZ AFONSO
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 2127195 - ANDRE LUIZ BRANDAO
Notícia cadastrada em: 27/06/2019 14:46
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa-2.ufabc.int.br.sigaa-2