PPGBTC PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOCIÊNCIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/biotecnociencia
Apresentação

Nos últimos anos, tem se observado que várias agências de fomento brasileiras, como FAPESP, CAPES, BNDES, CNPq, FINEP, dentre outras, em função do plano estratégico de desenvolvimento econômico do país, vêm incentivando o desenvolvimento de projetos com foco em processos ou produtos inovadores em diferentes áreas do setor produtivo. Embora as perspectivas sejam positivas no Brasil, a baixa articulação entre os centros de pesquisa e o setor privado para realização de pesquisas orientadas à inovação é um dos entraves que impedem maior exploração dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) no país.

Dessa forma, para atender as necessidades de integração entre o setor produtivo e a academia, vinculado ao incentivo das entidades de fomento com foco na inovação, os estudos na área interdisciplinar abrem perspectivas para geração de um campo promissor na UFABC e de integração com o setor produtivo. Assim, o programa de pós-graduação em Biotecnociência poderá contribuir com a geração de novas estratégias para a inovação tecnológica da área, além da formação de recursos humanos de alto nível com caráter interdisciplinar para atender as necessidades do setor produtivo, que possui grande importância na região do ABC paulista, localidade esta conhecida por seu elevado grau de industrialização.

 
área de Concentração
 

O programa consiste de uma única área de concentração, centrada em PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAçãO. A geração de produtos inovadores é totalmente dependente da pesquisa básica que consome maior investimento na cadeia dos processos envolvidos na inovação. Nos últimos anos, tem se observado que várias entidades de fomento do país, como FAPESP, CAPES, CNPq, FINEP, dentre outras, em função do plano estratégico de desenvolvimento econômico do país, vêm incentivando o desenvolvimento de projetos com foco em processos ou produtos inovadores em diferentes áreas do setor produtivo.

Embora as perspectivas sejam positivas no Brasil, a baixa articulação entre os centros de pesquisa e o setor privado para realização de pesquisas orientadas à inovação é um dos entraves que impedem maior exploração dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento P&D no país. Dessa forma, para atender as necessidades de integração entre o setor produtivo e a academia, vinculado ao incentivo das entidades de fomento com foco na inovação, os estudos na área interdisciplinar abrem perspectivas para geração de um campo promissor na UFABC, com possível integração entre Universidade e setores produtivos.

Assim, os estudos relacionados à identificação e caracterização de biomoléculas e sistemas biológicos por diferentes metodologias poderão contribuir com a geração de novas estratégias para o diagnóstico e intervenção terapêutica de diversas disfunções humanas e animais, formação de recursos humanos de alto nível com caráter interdisciplinar para atender as necessidades do setor produtivo além de contribuir para a geração de conhecimento relacionado às principais questões científicas fundamentais dentro da área de atuação do programa.

 
Histórico
 

A Universidade Federal do ABC (UFABC) iniciou suas atividades em meados de 2006 com a proposta de construir um novo modelo de ensino superior. O cerne da Instituição baseia-se numa estrutura não departamental, sendo a organização acadêmica estruturada em três Centros: Centro de Ciências Naturais e Humanas; Centro de Matemática, Computação e Cognição e Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas. Esta estrutura permitiu que os docentes tivessem a oportunidade de explorar novas possibilidades tanto na pesquisa quanto na educação.

Desde o ingresso, os docentes, apesar de em sua maioria apresentarem formação disciplinar, foram estimulados a interagir e agir de maneira interdisciplinar. Neste sentido, as diretrizes que passaram a nortear os projetos e linhas de pesquisa tornaram-se abertas para abrigar novas idéias e, ao mesmo tempo, focadas para permitir que a Universidade contribuísse para o avanço da ciência e da tecnologia. Da inserção dos docentes nesta nova formação interdisciplinar surgiu a necessidade de uma maior integração entre as diferentes áreas disciplinares. Grupos heterogêneos passaram a discutir novas idéias e projetos, inclusive financiados por agências de fomento que acreditaram na idéia deste novo modelo de pesquisa e inovação. Destas discussões localizadas, grupos maiores começaram a ser formados. Seminários e reuniões de discussão científica e acadêmica passaram a ocorrer com maior freqüência, inclusive com a participação de alunos de graduação e pós graduação da Instituição.

Desses encontros surgiu, então, a necessidade de um programa de pós-graduação que possibilitasse aos alunos e aos docentes o desenvolvimento de projetos de pesquisa que formassem, em última análise, recursos humanos de alta qualidade e comprometidos com o ideal da Instituição: formar profissionais para o pensamento criativo e aptos para enfrentar desafios de uma nova era tecnológica. Neste contexto surgiu o programa de pós graduação em Biotecnociência, que permitirá a expansão deste centro emergente e o fortalecimento de colaborações e intercâmbios dentro da Universidade e entre consagradas Instituições de Ensino e de Pesquisa do país, representando o avanço científico e tecnológico que advêm de uma estrutura que privilegia a interdisciplinaridade.


Endereço Alternativo


Coordenação do Programa

  • - MARCELLA PECORA MILAZZOTTO

    Telefone/Ramal: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    Telefone/Ramal 2: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    E-mail: marcella.milazzotto@ufabc.edu.br

  • - ELIZABETH TEODOROV

    Telefone/Ramal: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    Telefone/Ramal 2: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    E-mail: elizabeth.teodorov@ufabc.edu.br

SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sig.ufabc.edu.br."Melchior"