PPGBTC PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOCIÊNCIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgbtc
Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFABC

2019
Dissertações
1
  • MATHEUS DEL VALLE
  • Avaliação do osso alveolar com osteoporose simulada utilizando tomografia por coerência óptica

  • Orientador : PATRICIA APARECIDA DA ANA
  • Data: 04/02/2019
  • Mostrar Resumo
  • Não informado.

2
  • PAULA BEGLIOMINI DE MIGUELI
  • Avaliação da eficácia clínica de terapias ópticas na analgesia pré-anestésica e cicatrização de exodontias 

  • Orientador : PATRICIA APARECIDA DA ANA
  • Data: 02/05/2019
  • Mostrar Resumo
  • Não informado.

3
  • ANA FLAVIA NAMBA
  • Estudo in vitro dos efeitos microestruturais da terapia fotodinâmica em insumos médico-hospitalares.

  • Orientador : PATRICIA APARECIDA DA ANA
  • Data: 06/06/2019
  • Mostrar Resumo
  • Não informado

4
  • DAVID SENA
  • Desenvolvimento de um sistema de coleta rotativa para obtenção de nanofibras alinhadas por eletrofiação

  • Orientador : JEAN JACQUES BONVENT
  • Data: 24/06/2019
  • Mostrar Resumo
  • Influencia do alinhamento de nanofibras eletrofiadas de poli(ε-caprolactona) (PCL) com nanoparticulas de prata sobre o processo de regeneração tecidual

5
  • LARISSA FERNANDA FERREIRA
  • Estudo da interação entre proteínas e nanopartículas de sílica

  • Orientador : FERNANDO CARLOS GIACOMELLI
  • Data: 28/06/2019
  • Mostrar Resumo
  • Não informado

6
  • GEOMAR FEITOSA DA CRUZ
  • Síntese de nanopartículas de Ag/AgBr recobertas de proteína e suas propriedades fotocatalíticas

  • Orientador : WANIUS JOSE GARCIA DA SILVA
  • Data: 16/08/2019
  • Mostrar Resumo
  • Synthesis of Ag/AgBr nanoparticles covered by protein and its photocatalitical properties

7
  • ALDCEJAM MARTINS DA FONSÊCA JÚNIOR
  •  IMPACTO DA MODULAÇÃO DA VIA GLICOLÍTICA NO PERFIL GLOBAL DE ACETILAÇÃO DE HISTONAS  EM EMBRIÕES BOVINOS PRODUZIDOS IN VITRO

  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 13/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • Modificações do sistema in vitro de produção embrionária podem ser determinantes para o adequado desenvolvimento do embrião pré-implantacional. Modificações relacionadas ao metabolismo energético, como o aumento ou diminuição da disponibilidade de substratos, podem ter consequências não só na sobrevivência, mas também no controle molecular do embrião. No início do desenvolvimento, o piruvato e em certa medida lactato, glutamina e aspartato são os substratos preferenciais para geração de energia e, com o aumento da demanda energética após a ativação do genoma embrionário, o embrião passa a metabolizar glicose com maior eficiência, em especial pela maior atividade da via glicolítica. Por ela, o piruvato produzido é direcionado à mitocôndria, convertido a acetil-CoA, entrando no ciclo do ácido tricarboxílico. Um dos metabólitos gerados neste ciclo é o citrato, que pode ser novamente convertido a acetil-CoA no citoplasma e servir de precursor para a acetilação das histonas, modificando o padrão de transcrição gênica global da célula. A hipótese deste trabalho é que a modulação farmacológica da via glicolítica em embriões de bovinos produzidos in vitro pode levar a diferentes perfis de geração de citrato e acetil-CoA, interferindo no padrão de acetilação de histonas, alterando assim o seu perfil metabólico e a potência das células do blastocisto. Para isso, foi promovida a modulação da via glicolítica em embriões bovinos PIV com um inibidor da enzima gliceraldeído-3-fosfato-desidrogenase (G3PD), o iodoacetato de sódio (IA), bem como um inibidor da fosforilação da enzima piruvato desidrogenase (PDH), o dicloroacetato de sódio (DCA) a partir do momento da ativação maior do genoma embrionário (estádio de 8 a 16 células). Nestes modelos foram verificados: no meio de cultivo o consumo de glicose e piruvato; nos embriões o perfil de acetilação de H3K9 e H3K27 e as evidências metabólicas relativas ao funcionamento mitocondrial, geração de espécies reativas de oxigênio, geração de ATP e potencialidade das células. Nos embriões tratados com DCA, observou-se maior consumo de glicose, maior geração de ATP, ROS e atividade mitocondrial, seguida de um maior número de células totais e maior presença da acetilação de H3K27. Já nos embriões tratados com IA, obteve-se reduzida atividade mitocondrial e reduzida presença das acetilações H3K9 e H3K27, além de uma menor conversão a blastocisto seguida de uma maior relação entre TE: MCI, denotando que o metabolismo embrionário é capaz de alterar o perfil epigenético dos embriões bovinos a partir da modulação da geração de acetil-CoA.

8
  • CÁTIA FAVALE
  • Biotecnologia Farmacêutica: Competências tecnológicas, competitivas e organizacionais para a geração de inovação

  • Orientador : ANAPATRICIA DE OLIVEIRA MORALES VILHA
  • Data: 17/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • Os biossimilares se destacam por representar uma revolução na melhora do
    acesso às terapias de alto custo. Todo esse movimento para a inovação exige
    que as sociedades, economias e, portanto, também as empresas se organizem
    para um novo nível de competição. No Brasil, a importância estratégica e
    econômica da indústria farmacêutica é reforçada pelos desafios e
    complexidades da saúde no país. A inovação é cada vez mais importante para
    a indústria farmacêutica e os biofármacos, especialmente os biossimilares,
    constituem um importante desafio não somente, do ponto de vista tecnológico,
    dada as suas especificidades em PD&I, fabricação e comercialização como
    também toda a apropriação, reorganização e orquestração de competências e
    recursos para as empresas participarem deste nicho de mercado. Os
    biossimilares representam assim, uma opção que tem suas bases na inovação
    e a capacidade de ampliar as perspectivas no posicionamento estratégico para
    o Estado e para o segmento farmacêutico nacional. Para tanto, da perspectiva
    das empresas, inovar com biossimilares requer a apropriação de competências
    e emprego de recursos variados nem sempre acessíveis ou conhecidos pelas
    empresas do ramo farmacêutico nacionais. Nesta direção, este estudo se
    propôs a entender quais são as competências tecnológicas, competitivas e
    organizacionais, já incorporadas e as ainda necessárias para a geração de
    inovação para participar do mercado dos biossimilares de forma competitiva. A
    metodologia percorre dois caminhos; o primeiro avalia dados secundários
    disponíveis em estudos e relatórios setoriais acerca das competências e
    recursos para inovar com biossimilares. Um segundo caminho de pesquisa
    baseou-se em estudo de caso em profundidade da indústria farmacêutica
    LIBBS, que tem atuação relevante em biossimilares, no panorama atual do
    mercado no Brasil. A correlação de dados demonstra perspectivas positivas,
    mas dependentes do amadurecimento das capacidades dinâmicas para
    renovação estratégica da empresa num contexto de iniciativas de mercado
    positivo para este tipo de medicamento. Algumas hipóteses foram elaboradas
    sobre a possibilidade de ganhos significativos quando existe um
    aperfeiçoamento do “DNA” da empresa para o desempenho competitivo
    baseado em inovação e o aproveitamento da janela de oportunidades baseadas nas estratégias de Estado em relação às plataformas da biotecnologia em saúde, como o caso dos biossimilares.

Teses
1
  • CAROLINA FILIPCHIUK VIBIAN
  • EXPRESSÃO DA SURVIVINA EM MULHERES PORTADORAS DE ENDOMETRIOSE

  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 23/08/2019
  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A endometriose é uma doença ginecológica comum, estrogênio-dependente,
    caracterizada pelo crescimento e desenvolvimento de estroma e glândulas endometriais fora da
    cavidade uterina levando a uma reação inflamatória crônica. O padrão-ouro para o diagnóstico é a
    laparoscopia/laparotomia, contudo a possibilidade de se desenvolver métodos diagnósticos
    específicos e não invasivos têm despertado grande interesse. A survivina, codificada pelo gene
    BIRC5, é uma proteína que controla a divisão celular, inibe a apoptose e promove a angiogênese e
    tem sido apontada como um potencial biomarcador. Objetivo: Avaliar a expressão do gene BIRC5
    em mulheres com e sem endometriose em amostras de sangue periférico e endométrio eutópico.
    Métodos: Estudo transversal que incluiu 64 mulheres com endometriose e 38 controles férteis sem
    a doença. A análise em amostras de sangue periférico foi realizada em 36 mulheres com
    endometriose (n=12 mínima/leve e n=24 moderada/grave) e 10 mulheres férteis sem endometriose
    (controles) e as amostras foram colhidas nas fases folicular, ovulatória e lútea do ciclo menstrual. A
    análise do endométrio eutópico incluiu 25 mulheres com endometriose (n=11 mínima/leve e n=14
    moderava/grave) e 28 mulheres sem endometriose (controle) e as biópsias foram realizadas na fase
    lútea do ciclo menstrual. A expressão do gene BIRC5 foi mensurada por RT-qPCR baseada na
    metodologia TaqMan e o gene GAPDH foi utilizado como normalizador das reações. Os resultados
    foram analisados pelo método 2-ΔCt. Resultados: A expressão de BIRC5 no sangue periférico nas
    mulheres com endometriose foi maior que nos controles em todas as fases do ciclo menstrual.
    Quando as mulheres com endometriose foram subdivididas de acordo com o estadiamento da
    doença, a expressão de BIRC5 foi maior nas mulheres com endometriose em relação ao grupo
    controle, independente do grau da doença. Considerando a expressão do gene BIRC5 no endométrio
    eutópico, as mulheres com endometriose apresentaram maior expressão de BIRC5 em relação aos
    controles. Quando comparamos as mulheres com endometriose de acordo com o estadiamento da
    doença a expressão de BIRC5 foi maior na forma mínima/leve da doença. Os níveis de progesterona
    foram positivamente correlacionados à expressão de BIRC5 no sangue periférico (rho=0,382,
    p=0,045), enquanto os níveis de LH foram positivamente correlacionados à expressão de BIRC5 no
    endométrio eutópico (rho=0,398, p=0,002) das mulheres com endometriose. Não encontramos
    correlação entre a expressão de BIRC5 no sangue periférico e endométrio eutópico de mulheres com
    endometriose (rho= 0,291, p=0,157). A expressão de BIRC5 no sangue periférico apresentou
    acurácia de 88,7%, com sensibilidade de 97,2% e especificidade de 65,5%, enquanto que no
    endométrio eutópico apresentou acurácia de 70,7%, com sensibilidade de 68,0% e especificidade
    71,4%. Conclusão: O aumento da expressão do gene BIRC5 tanto no sangue periférico quanto no
    endométrio eutópico de mulheres com endometriose pode indicar seu papel na proliferação celular,
    o que pode estar intimamente ligado à sua atividade anti-apoptótica no desenvolvimento da doença.
    Os achados sugerem que a expressão de BIRC5 pode ser um potencial biomarcador minimamente
    invasivo no diagnóstico da endometriose.

2
  • KELLY ANNES
  • Papel do colesterol na criotolerância e viabilidade de embriões bovinos produzidos in vitro com diferentes cinéticas de desenvolvimento.

  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 16/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • Embriões com quantidades elevadas de lipídeos têm seu desenvolvimento prejudicado, com aumento da morte embrionária e menor sobrevivência após criopreservação. Um componente que está presente tanto nas gotas lipídicas quanto nas membranas é o colesterol, que tem sido apontado pelos estudos recentes como um importante lipídeo a ser investigado mais intensamente, após terem demonstrado diferenças nas quantidades de transcritos de genes relacionados a essa via em embriões cultivados na presença e ausência de soro, bem como em embriões com cinéticas diferentes quando comparados aos produzidos in vivo. Diante disso, esse estudo teve como objetivo investigar a influência da modulação da via de biossíntese de colesterol sobre o metabolismo embrionário em embriões bovinos de diferentes cinéticas de desenvolvimento.Para isso, embriões bovinos foram produzidos in vitro em meio de cultivo suplementado com modulador inibidor (sinvastatina) e estimulador (IGF- 1) da biossíntese do colesterol. Os embriões foram classificados quanto a cinética de desenvolvimento as 40hpi, coletados no estágio de blastocisto e avaliados quanto: ao conteúdo lipídico (Sudan Black B.), perfil lipídico (espectrometria de massas - MS), a quantificação de transcritos relacionados ao metabolismo lipídico, metabolismo energético, estresse oxidativo, sinalização, diferenciação e morte celular (qRT-PCR), e número de células totais. Embriões rápidos apresentaram maior conversão à blastocisto. O IGF-1 não atingiu as expectativas do estudo em relação a modulação da via de biossíntese do colesterol. No entanto, embriões rápidos parecem ter um metabolismo mais calmo após a exposição ao IGF-1, o que poderia ser uma vantagem a eventos posteriores, por diminuírem o estresse que esses embriões estão submetidos. Outro fato é que independentemente do modulador a que os embriões foram expostos, as conversões a blastocisto permaneceram inalteradas, o que nos leva a hipótese de que o que determina a conversão a blastocisto são fatores intrínsecos ligados a cinética embrionária. A sinvastatina não interferiu nas taxas de blastocisto, porém modulou a maquinaria celular dos embriões expostos independentemente da cinética, os deixando menos ativos e com prejuízo no número de células. Esses embriões foram capazes de captar colesterol do meio de cultivo e estocá-los para ser recrutado de acordo com a demanda. Desse modo, o resultado do bloqueio da HMG-CoA redutase, parece ter sido sutil nesse tratamento, pois esses embriões puderam retirar recursos do meio de cultivo. Porém, suas vias de sinalização para sobrevivência parecem ter sido prejudicadas, fato notado pela baixa expressão relativa de genes de resposta ao estresse, morte, sinalização e diferenciação celular. 

3
  • ÉRIKA CRISTINA DOS SANTOS
  • Resposta embrionária a meios de cultivo baseados nos fluidos do oviduto e útero de bonivos.

  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 16/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • A produção in vitrode embriões (PIVE) bovinos busca mimetizar as condições do trato reprodutivo feminino para obtenção do maior número de embriões e aumento da produtividade na exploração animal. Apesar disso, o sistema e meios de cultivo ainda estão aquém dos desejáveis, com a geração de embriões de menor qualidade e baixas taxas de produção embrionária e prenhez. Considerando que grande parte dos meios de cultivo foram desenvolvidos para a PIVE de outras espécies, existe a necessidade da otimização destes adequando-os a PIVE bovina, bem como a compreensão da resposta dos embriões aos meios, buscando assim condições cada vez mais próximas da fisiológica. Assim, o objetivo deste estudo é a criação e o desenvolvimento de meios de cultivo embrionário sequenciais - denominados Embryonic Culture Supplementation(ECS) - baseados na composição química dos fluidos do oviduto (FO) e útero (FU) bovinos em relação aos substratos energéticos e de aminoácidos. Além disso, este estudo deseja verificar a resposta metabólica dos embriões cultivados neste sistema com aqueles cultivados em meio convencional livre de soro, mediante análise de 3 grupos experimentais: 1) Grupo controle - embriões cultivados em Synthetic oviduct fluid(SOFaa) convencional; 2) ECS 100 - embriões cultivados em meios sequenciais baseados na composição química dos FO e FU bovinos em relação a substratos energéticos e aminoácidos; 3) ECS 50 - embriões cultivados em meios sequenciais baseados na metade da concentração química de substratos energéticos e aminoácidos dos FO e FU bovinos. Para tal, embriões foram produzidos in vitropor protocolos convencionais para as seguintes avaliações invasivas em morulas (em D4) e blastocistos (D7): expressão gênica, viabilidade celular,relação da Massa Celular Interna (MCI): Trofoectoderma (TE), atividademitocondrial (AM), produção de espécies reativas de Oxigênio (EROs), produção de NADH, FAD e relação redox, e produção de ATP. Além disso, análises não invasivas foram feitas através de dados de produção embrionária e metaboloma dos meios de cultivo relacionados ao perfil de glicose e piruvato. Os resultados mostram que a produção de embriões é influenciada positivamente pela redução da quantidade de substratos energéticos e aminoácidos (ECS 50) em relação à conversão de blastocistos e taxa de eclosão (D10), por sua vez, genes relacionados à qualidade do blastocisto foram reprimidos no ECS 100 quando comparados ao grupo controle. Morulas e blastocistos do ECS 100 apresentam maior concentração de glicose enquanto o grupo controle apresentou maior concentração de piruvato quando comparado aos demais grupos. Morulas do ECS 50 apresentam diminuição da AM, produção de EROs, relação redox e maior produção de ATP quando comparadas ao controle e ECS100, sendo este perfil oposto para os blastocistos. Em conclusão, os embriões ECS 50 e ECS 100 apresentam diferentes perfis metabólicos e transcricionais quando comparados aos embriões produzidos em meio de cultura convencional. Além disso, foi demonstrado pela primeira vez que o meio ECS não só é capaz de apoiar o desenvolvimento embrionário de blastocisto, mas a redução na concentração de substratos energéticos e aminoácidos (ECS 50) parece ser benéfica para o desenvolvimento embrionário, sendo uma alternativa para a produção de blastocistos de alta qualidade.

4
  • CARLOS EDUARDO DE CASTRO
  • Investigação de Efeitos de Superfície e Presença de Coroa Proteica no Processo de Internalização Celular de Sistemas Poliméricos Nanoestruturados

  • Orientador : FERNANDO CARLOS GIACOMELLI
  • Data: 18/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • Esta Tese de Doutorado teve como objetivo central a verificação do papel de parâmetros estruturais e efeito da presença de coroas proteicas na citotoxicidade e internalização celular de sistemas anfifílicos nanoestruturados. Duas classes de materiais foram investigadas sendo uma baseada em nanopartículas poliméricas produzidas a partir de copolímeros tendo como base o bloco sensível ao pH PDPA (poli[(2-diisopropil etil) metacrilato]) ligado quimicamente aos blocos hidrofílicos de PEO (poli(etileno glicol)), PMPC (poli(1-palmitoil-2-miristoil-fosfatidilcolina)) ou PHPMA (poli(N-(2-hidroxipropil) metacrilamida)). Os copolímeros em bloco PEO122-b-PDPA43, PMPC40-b-PDPA70 e PHPMA64-b-PDPA72 foram utilizados nas investigações. A segunda classe de nanopartículas investigadas foi produzida a partir de sistemas anfifílicos contendo uma cadeia carbônica (C22) ligada covalentemente ao polímero hidrofílico PEO contendo ou não moléculas de açúcar (N-Acetilglicosamina) na extremidade (C22PEO900 e C22PEO900-GlcNAc). A estrutura e a morfologia dos sistemas nanoestruturados foram detalhadamente caracterizadas utilizando-se técnicas de espalhamento de luz e análise microscópica, e na sequência, a influência das características estruturais foram avaliadas em que pese aos eventos biológicos citados. Foi demonstrado que nanopartículas produzidas a partir de PMPC40-b-PDPA70 são internalizadas de maneira mais eficiente do que os seus pares, fato este atribuído a interações favoráveis entre a camada estabilizante de (poli(1-palmitoil-2-miristoil-fosfatidilcolina)) - PMPC e membranas celulares. A presença de superfícies decoradas com moléculas de açúcar também facilita a internalização celular dos nanomateriais e ao mesmo tempo tem efeito benéfico em que pese à questões relacionados a citotoxicidade. Para ambas as classes de sistemas supramoleculares produzidos, a presença de coroas biomoleculares sobre a superfície reduz de maneira substancial a cinética e a quantidade de material internalizado por diferentes linhagens celulares. Por outro lado, é também demonstrado que coroas biomoleculares reduzem a citotoxicidade e a atividade hemolítica dos nanomateriais. Portanto, fica evidente que, nem sempre coroas biomoleculares devem ser consideradas artefatos a serem prontamente eliminados

5
  • ALEX CARVALHO ALAVARSE
  • Sistemas coloidais para liberação controlada de drogas e tratamento por hipertermia à base de núcleos magnéticos revestidos por sílica mesoporosa

  • Orientador : JEAN JACQUES BONVENT
  • Data: 19/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • Diversos sistemas nanoestruturados magnéticos apresentam características que podem ser aplicados como carreadores para liberação de drogas de uma maneira controlada e na redução tumoral por hipertermia, dependendo das características do sistema. O presente trabalho teve como objetivo desenvolver sistemas carreadores para o controle de liberação de droga e como agente de aquecimento para hipertermia. Neste trabalho apresentamos quatro sistemas sintetizados e compostos distintamente. Primeiro, nanopartículas com núcleos magnéticos recobertos por sílica mesoporosa foram sintetizadas e carreadas com um antibiótico. Sua liberação in vitro foi efetuada em comparação com a amostra revestida por polieletrólitos para dificultar liberação da droga sobressalente através os poros.  Segundo, foi proposta a síntese sonoquímica do sistema núcleo magnético e casca mesoporosa, um método mais rápido de síntese e com a possibilidade de produzir poros superficiais na casca de sílica evitando a etapa de calcinação. Terceiro, núcleos magnéticos a base de sulfato de ferro II foram sintetizados por rota sonoquímica a fim de investigar os parâmetros que influenciam sua morfologia, propriedades magnéticas e a perda específica de potência (SLP). Por último, a rota sonoquímica fora também utilizada para a produção de núcleos magnéticos a base de sulfato de ferro II (FeSO4) e sulfato de manganês II (MnSO4) a fim de aumentar o valor de SLP das nanopartículas. Nos dois primeiros sistemas (núcelo magnético/casca mesoporosa) resultados físico-químicos mostram que as propriedades magnéticas, embora atenuadas pelo recobrimento por materiais do tipo paramagnético, mesmo assim são capazes de serem atraídas por um campo magnético externo. Além disso, a rota de remoção (calcinação ou sonoquímica) do CTAB altera as propriedades texturiais e a modificação da superfície da sílica mesoporosa pode ser feita de forma simples com polímeros por interação eletrostática ou por funcionalização com aminosilano potencializando a desvinculação do fármaco. Nos dois capítulos finais, varreduras da concentração de base e de precursores provocam diferentes respostas morfológicas, e, a partir do controle de tais variáveis é possível obter partículas com morfologia, dispersão de tamanho e SLP otimizadas para a aplicação de hipertermia.

     

6
  • CAMILA MOURA SANTOS 
  • Influência da redução da expressão dos genes que codificam a enzima malato desidrogenase mitocondrial no metabolismo de carbono em Setaria italica

  • Orientador : DANILO DA CRUZ CENTENO
  • Data: 19/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • A grande maioria das culturas e importantes gramíneas utilizadas para produção de bioenergia, incluindo milho, sorgo e cana de açúcar, têm sua produtividade impulsionada pelo tipo fotossíntético C4. O painço (Setaria italica) é uma cultura de cereais adaptada para crescer em ambientes estressantes e uma candidata modelo interessante para pesquisas relacionadas ao metabolismo C4. Aspectos específicos do metabolismo de plantas podem ser manipulados geneticamente com o objetivo de otimizar a eficiência da produção em diversas culturas, mas S. italica é considerada pela comunidade científica um alvo difícil para transformação e regeneração in vitro. No primeiro capítulo deste trabalho nós reportamos um novo método de transformação por Agrobacterium tumefasciens que resultou em aumento das taxas de transformação e regeneração em 120% quando comparado aos protocolos existentes, o que nos permitiu a realização do estudo mencionado no capítulo 3. Malato é um ácido carbônico que possui um papel chave no metabolismo de plantas e é também substrato/produto da enzima malato desidrogenase (MDH), uma oxidorredutase que cataliza a reação reversível entre malato e oxoloacetato. Em plantas, existem múltiplas isoformas de MDH que possuem diferentes papéis na célula. Malato desidrogenase mitocondrial (mtMDH) são enzimas chave envolvidas no ciclo do ácido tricarboxílico (Ciclo de Krebs) e mudanças na expressão de mtMDH apresentou diferenças no metabolismo e no fenótipo de várias espécies C3 porém ainda não existiam estudos relacionados a espécies C4. No capítulo 2 nós desenvolvemos um estudo in silico que proveu informações valiosas em relação aos genes que codificam mtMDH em S. italica, o que nos permitiu um melhor entendimento da função de cada mtMDH no metabolismo da espécie. No capítulo 3 nós realizamos um estudo bioquímico utilizando a estratégia de perda-e-ganho-de-função pela abordagem de RNAi com o objetivo de compreender a influência das duas isoformas de mtMDH no metabolismo do carbono de S. italica e a importância da respiração celular no acúmulo de carboidratos trazendo novas perspectivas para o campo biotecnológico.

7
  • KATIA CILENE AYAKO INOMATA
  • EFEITOS DA TERAPIA FOTODINAMICA  COMO AGENTE DESINFETANTE EM MATERIAIS HOSPITALARES

  • Orientador : PATRICIA APARECIDA DA ANA
  • Data: 18/10/2019
  • Mostrar Resumo
  • Em âmbito hospitalar, para tratamento de fraturas expostas, faz-se necessário o uso de medidas que reduzam o risco de infecções ósseas, que minimizem os gastos com o tratamento e que ofereçam qualidade à assistência. Por esta razão, propoe-se o uso de um protótipo que auxilie na antissepsia da fratura exposta de forma segura para paciente e profissional. Contudo, para que o mesmo seja implementado para utilização clínica, faz-se necessária a avaliação de formas de esterilização adequadas, que não gerem toxicidade aos tecidos biológicos, que não danifiquem o material e que sejam eficazes. Desta maneira, este estudo in vitro objetivou verificar a viabilidade de uso da terapia fotodinâmica (TFD) com azul de metileno para esterilizar os materiais propostos para confecção deste protótipo, como alternativa ao uso da autoclave. Para tal, este estudo foi dividido em três fases experimentais. Na primeira, foram avaliados os efeitos citotóxicos da TFD e autoclave sobre fibroblastos Vero; na segunda, os efeitos na microdureza e, na terceira, os efeitos na redução de biofilme de Staphylococcus aureus. Na primeira fase experimental, foram preparadas 27 amostras de cada material proposto (polipropileno, alumínio e aço Aisi 304) e aleatoriamente distribuídas em 27 grupos experimentais (n = 3), para realização da esterilização em autoclave (121° C por 30 min) ou por TFD (660nm, potência de 100 mW, energia total entregue de 60 J, densidade de potência de 111 mW/cm², densidade de energia 66,66 J/cm², durante 10 minutos) com diferentes repetições dos tratamentos, buscando-se simular o uso do protótipo por tempos prolongados. Após, foi realizado o teste de contato direto e indireto com fibroblastos Vero. Na segunda fase experimental, foram preparadas 90 amostras de cada material, as quais foram aleatoriamente distribuídas nos 27 grupos experimentais (n = 10). Após os tratamentos, as mesmas foram submetidas à análise de microdureza e avaliação morfológica superficial. Na terceira fase experimental, 9 amostras de cada material tiveram cultivo de biofilme de Staphylococcus aureus e, após, foram aleatoriamente distribuídas em 9 grupos experimentais (n = 3). Os dados foram analisados estatisticamente ao nível de significância de 5%. Na análise morfológica do teste de contato direto, as células Vero apresentaram semelhança ao grupo controle negativo com adesão, espalhamento e crescimento em
    monocamada. A análise citoquímica com azul de toluidina em pH 4,0 demonstrou não haver alterações na atividade celular em quaisquer dos grupos experimentais, assim como a avaliação com corante Xylidine Ponceau em pH 2,5 evidenciou não haver mudanças nas proteínas totais em quaisquer dos grupos experimentais. A esterilização por autoclave alterou a microdureza do aço Aisi 304 e do polipropileno, assim como reduziu o do alumínio após 120 autoclavagens. A TFD reduziu significativamente o biofilme de Staphylococcus aureus formado sobre os materiais. A análise morfológica do biofilme mostrou que houve ruptura e descontinuidade do biofilme após TFD. Foi possível concluir que a TFD é uma técnica alternativa promissora para esterilização dos materiais propostos para confecção do protótipo.

2018
Dissertações
1
  • DENISE PASTORELLO
  • LPS Pré Natal no Desenvolvimento Cerebral e Tratamento Homeopático: Estudos Comportamentais e Moleculares em Modelo Animal de Autismo
  • Orientador : ELIZABETH TEODOROV
  • Data: 02/02/2018
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2
  • MARCIA GONÇALVES DIAS
  • Modulação do conteúdo de lignina em cana-de-açúcar: efeitos inerentes ao metabolismo primário e induzidos por ozônio
  • Orientador : DANILO DA CRUZ CENTENO
  • Data: 02/02/2018
  • Mostrar Resumo
  • nihil

3
  • ANA CLARA DE OLIVEIRA CRUZ
  • Metabolismo de carboidratos em cana-de-açúcar sob déficit hídrico
  • Orientador : DANILO DA CRUZ CENTENO
  • Data: 07/02/2018
  • Mostrar Resumo
  • nihil

4
  • PEDRO TEIXEIRA PIMONT
  • CARACTERIZAÇÃO DOS GENES RAFINOSE SINTASE E ESTAQUIOSE SINTASE EM GRAMÍNEAS
  • Orientador : NATHALIA DE SETTA COSTA
  • Data: 08/02/2018
  • Mostrar Resumo
  • nihil

5
  • IZABELLE FREDO DA COSTA
  • ESTUDO DA MODULAÇÃO DA RESISTÊNCIA CENTRAL À LEPTINA PELA EXPRESSÃO DE CATEPSINAS HIPOTALÂMICAS EM CAMUNDONGOS SUBMETIDOS À DIETA RICA EM GORDURA
  • Orientador : MARCELO AUGUSTO CHRISTOFFOLETE
  • Data: 19/02/2018
  • Mostrar Resumo
  • nihil

6
  • JAE DIANA PAREDES RODRÍGUEZ
  • Caracterização das alterações morfo-fisiológicas e metabólicas associadas ao estresse hídrico na monocotiledônea Setaria italica
  • Orientador : NATHALIA DE SETTA COSTA
  • Data: 06/06/2018
  • Mostrar Resumo
  • nihil

7
  • JANAINA FERNANDES
  • EFEITOS TÓXICOS E TERATOGÊNICOS DA EXPOSIÇÃO À IVERMECTINA EM ESTÁGIO EMBRIOLARVAL DE ZEBRAFISH (Danio rerio)

  • Orientador : ELIZABETH TEODOROV
  • Data: 31/08/2018
  • Mostrar Resumo
  • Não informado

8
  • LARISSA BATISTA SEIXAS DE MARCHI
  • Diversidade da família gênica LEA nas espécies irmãs Setaria italica e Setaria viridis

  • Orientador : NATHALIA DE SETTA COSTA
  • Data: 18/09/2018
  • Mostrar Resumo
  • Aguardando entrega da versão final.

9
  • TATIANE CRISTINA NICOMEDIO DOS SANTOS
  • Análise do rendimento de Setaria italica cultivada em diferentes níveis de estresse hídrico

  • Orientador : NATHALIA DE SETTA COSTA
  • Data: 19/09/2018
  • Mostrar Resumo
  • Aguardando entrega da versão final.

10
  • ANDRÉ MOURÃO BATISTA
  • Reatividade química da água confinada sobre metais

  • Orientador : HERCULANO DA SILVA MARTINHO
  • Data: 21/11/2018
  • Mostrar Resumo
  • Não informado

11
  • JULIANA DA COSTA ROSA
  • ANÁLISE BIOLÓGICA DE ARCABOUÇOS FIBROSOS DE PLA E PCL COM VANCOMICINA PRODUZIDOS POR ROTOFIAÇÃO

  • Orientador : ARNALDO RODRIGUES DOS SANTOS JUNIOR
  • Data: 30/11/2018
  • Mostrar Resumo
  • Não informado

2017
Dissertações
1
  • JUSCEMÁCIA NASCIMENTO ARAÚJO
  • Síntese e caracterização de nanopartículas de prata assistidas por ß-glicosidases (GH1 e GH3) de Thermotoga petrophila
  • Orientador : WANIUS JOSE GARCIA DA SILVA
  • Data: 31/01/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2
  • THAIS VIEIRA DE SOUZA
  • ESTUDOS DA INFLUÊNCIA DE MUDANÇAS CONFORMACIONAIS E CARGA LÍQUIDA NA ATIVIDADE ENZIMÁTICA DE UMA CELULASE TERMOESTÁVEL
  • Orientador : WANIUS JOSE GARCIA DA SILVA
  • Data: 01/02/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

3
  • GISELLE DA SILVA PEDROSA
  • INTERAÇÃO DE PLANTAS NATIVAS EXPOSTAS AO OZÔNIO: UMA ABORDAGEM NAS DEFESAS QUÍMICAS
  • Data: 26/05/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

4
  • RAFAEL FRANCISCO PEREIRA
  • Avaliação de Biocerâmicas de Fosfatos de Cálcio Dopadas com Európio e Magnésio: Caracterização, Dissolução e Citotoxicidade in vitro
  • Orientador : ARNALDO RODRIGUES DOS SANTOS JUNIOR
  • Data: 12/06/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

5
  • BRUNO EDUARDO GOMES DE SOUZA
  • ANÁLISE DE COMPOSTOS SINTÉTICOS COMO INIBIDORES DAS CALICREÍNAS TECIDUAIS HUMANAS 5 E 7
  • Orientador : LUCIANO PUZER
  • Data: 23/06/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

6
  • RAQUEL KOCH
  • O papel dos caracteres morfológicos e das rotas de entrada de água na tolerância ou sensibilidade de plantas ao ozônio
  • Data: 26/06/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

7
  • JULIANA LEMOS DE ALMEIDA CORREIA
  • Desenvolvimento de Câmara para Crescimento de Plantas e sua Aplicabilidade em Pesquisa Básica
  • Orientador : LUCIANO SOARES DA CRUZ
  • Data: 24/07/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

8
  • DAIANA RIBEIRO BORTOLETTO
  • Modelo computacional "ab-initio" para carcinoma espinocelular
  • Orientador : HERCULANO DA SILVA MARTINHO
  • Data: 22/08/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

9
  • FRANCISCA DIANA ALVES DE SOUSA
  • Síntese e Caracterização de arcabouço composto por Quitosana e Ácido Hialurônico para Regeneração de pele
  • Orientador : ARNALDO RODRIGUES DOS SANTOS JUNIOR
  • Data: 31/08/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

10
  • CARIN CRISTINA DA SILVA BATISTA
  • INFLUÊNCIA DO AGENTE ESTABILIZANTE NA ESTRUTURAÇÃO E EFEITOS CITOTÓXICO E ANTIMICROBIANO DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA
  • Orientador : FERNANDO CARLOS GIACOMELLI
  • Data: 05/09/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

11
  • MARCO AURÉLIO VINCHI DE OLIVEIRA
  • DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE ROTOFIAÇÃO PARA OBTENÇÃO E INVESTIGAÇÃO DA FORMAÇÃO DE MATRIZES NANOFIBROSAS POLIMÉRICAS
  • Orientador : JEAN JACQUES BONVENT
  • Data: 25/10/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

12
  • ADRIANA RAMOS MOURA
  • Estudo comparativo entre as raças de touro Wagyu, Nelore e Angus por meio de avaliações espermáticas e hormonais
  • Orientador : RENATA SIMOES
  • Data: 17/11/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

13
  • CAROLINE ARANA DA SILVA RIBEIRO
  • INFLUÊNCIA DE PARÂMETROS ESTRUTURAIS SOBRE A EFICIÊNCIA DE ENCAPSULAÇÃO, PERFIL DE LIBERAÇÃO E CAPTURA CELULAR DE NANOPARTÍCULAS POLIMÉRICAS BIODEGRADÁVEIS
  • Orientador : FERNANDO CARLOS GIACOMELLI
  • Data: 18/12/2017
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2016
Dissertações
1
  • GLAUCIA PEREIRA ALVES
  • Influência do fluido folicular na competência oocitária: Identificação de fatores envolvidos na qualidade oocitária e cinética de desenvolvimento embrionário
  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 24/03/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2
  • ANDERSON SOARES DE SOUZA
  • Estudos da adsorção não produtiva de uma â-glicosidase bacteriana em ligninas
  • Orientador : WANIUS JOSE GARCIA DA SILVA
  • Data: 09/05/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

3
  • JULIA APARECIDA DA SILVA LIMA
  • Importância das histidinas amino-terminais 1 e 2 para as atividades antimicrobiana e quelante de cobre do peptídeo microplusina
  • Orientador : FERNANDA DIAS DA SILVA
  • Data: 09/05/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

4
  • RODRIGO BONFIM SIMÃO DOS SANTOS
  • Efeitos toxicológicos dos componentes presentes no veneno da serpente B. jararaca sobre o testículo de camundongos
  • Orientador : CARLOS ALBERTO DA SILVA
  • Data: 30/06/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

5
  • LINDOMAR JOSE CALUMBY ALBUQUERQUE
  • Produção de Sistemas Supramoleculares Nanoestruturados a partir da Complexação de DNA e Copolímeros Catiônicos com Potencial Aplicação em Terapia Gênica
  • Orientador : FERNANDO CARLOS GIACOMELLI
  • Data: 16/09/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

6
  • IRIS DE ARAUJO
  • Efeito do peptídeo recombinante microplusina sobre a geração de respostas pró e anti-inflamatórias em macrófagos da linhagem J774
  • Orientador : FERNANDA DIAS DA SILVA
  • Data: 28/09/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

7
  • MICHELI TERENZI DE OLIVEIRA MACHADO
  • DESENVOLVIMENTO DE MATRIZES POLIMÉRICAS COMPOSTA POR POLI (¿-CAPROLACTONA) E POLI (L-ÁCIDO LÁTICO) ¿ PCL/PLLA ¿ E TETRACICLINA POR ROTOFIAÇÃO
  • Orientador : ARNALDO RODRIGUES DOS SANTOS JUNIOR
  • Data: 24/10/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

8
  • ROBERTA FERREIRA LEITE
  • Tensão de oxigênio interfere na expressão de fatores de transcrição relacionados ao desenvolvimento de embriões bovinos produzidos in vitro
  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 24/10/2016
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2015
Dissertações
1
  • FERNANDA MARISCA BIZOTTO
  • Estudo do gene Mo25 de Arabidopsis thaliana
  • Orientador : HANA PAULA MASUDA
  • Data: 26/01/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2
  • KELLY ANNES
  • Caracterização do metabolismo de lipídeos no desenvolvimento inicial de embriões bovinos produzidos in vitro com diferentes cinéticas de desenvolvimento.
  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 10/02/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

3
  • ÉRIKA CRISTINA DOS SANTOS
  • Metabolômica para avaliação não invasiva de embriões bovinos produzidos in vitro
  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 11/02/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

4
  • FERNANDA SANT'ANA CABRAL
  • Avaliação do perfil metabólico e sua relação para o acúmulo de açúcares em diferentes variedades de cana
  • Orientador : DANILO DA CRUZ CENTENO
  • Data: 12/02/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

5
  • CARLOS EDUARDO DE CASTRO
  • O papel de parâmetros estruturais na internalização celular de sistemas poliméricos nanoestruturados
  • Orientador : FERNANDO CARLOS GIACOMELLI
  • Data: 27/08/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

6
  • ALEX CARVALHO ALAVARSE
  • Desenvolvimento e Caracterização de Arcabouços à base de blendas poliméricas de PVA e de Quitosana para Engenharia de Tecido
  • Orientador : JEAN JACQUES BONVENT
  • Data: 14/09/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

7
  • FERNANDA WAITMAN DE OLIVEIRA SILVA
  • Desenvolvimento de Arcabouços a Base de Polímeros Biocompatíveis (PLA e PCL) com Agentes Antibacterianos
  • Orientador : JEAN JACQUES BONVENT
  • Data: 10/11/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

8
  • LÚCIA DOS SANTOS RUFINO BAIA
  • Efeitos da radiação ultravioleta nos compostos orgânicos voláteis emitidos pela soja (Glycine Max) cv Sambaiba em seus estádios iniciais de cultivo
  • Orientador : LUCIANO SOARES DA CRUZ
  • Data: 30/11/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

9
  • SERGIO XAVIER SOARES
  • Detecção de leite adulterado através de medidas de atenuação da radiação gama
  • Orientador : FELIPE CHEN ABREGO
  • Data: 16/12/2015
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2014
Dissertações
1
  • ANDERSON MARQUES DE OLIVEIRA
  • Produção de Nanopartículas Poliméricas com tamanho controlado com potencial aplicação na liberação controlada de agentes antitumorais.
  • Orientador : FERNANDO CARLOS GIACOMELLI
  • Data: 12/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

2
  • RENATA PRADO PALMA
  • Análise da expressão das catepsinas K, L e S durante a diferenciação induzida de adipócitos 3T3-L1
  • Orientador : MARCELO AUGUSTO CHRISTOFFOLETE
  • Data: 22/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

3
  • THAÍS DA SILVA
  • Efeito da morfocinética na resposta ao estresse em embriões bovinos produzidos in vitro
  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 27/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

4
  • THAÍS TERPINS RAVACHE
  • Geração de animais transgênicos por inoculação de vetor viral em meio de cultura de óvulos
  • Orientador : MARCELO AUGUSTO CHRISTOFFOLETE
  • Data: 27/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

5
  • DANIELE YURI ISHIHARA
  • Caracterização dos efeitos morfológicos no testículo de camundongos após envenenamento pelo veneno bruto e fração de baixo peso molecular da serpente Bothrops jararaca
  • Orientador : CARLOS ALBERTO DA SILVA
  • Data: 28/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

6
  • SAMYR MACHADO QUEROBINO
  • Avaliação da propriedade citoprotetora da fração de baixo peso molecular do veneno da serpente Bothropoides jararaca em células do hipocampo
  • Orientador : CARLOS ALBERTO DA SILVA
  • Data: 29/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

7
  • ADRIANNE MARLISE MENDES BRITO
  • Efeitos químicos-estruturais promovidos pelo laser de Nd: YAG, associado ou não ao floureto, quando empregado para prevenção da progressão de lesões de cárie radicular
  • Orientador : PATRICIA APARECIDA DA ANA
  • Data: 30/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

8
  • AMÁLIA BAPTISTA MACHADO SILVA
  • Avaliação in vitro de polímeros de PHBV, PCL e blendas (75/25 e 50/50) para Engenharia de Tecidos Ósseos
  • Orientador : ARNALDO RODRIGUES DOS SANTOS JUNIOR
  • Data: 30/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

9
  • CARLOS ALEXANDRE SOARES
  • Estudo do metabolismo energético de embriões bovinos produzidos in vitro e sua relação com cinética embrionária
  • Orientador : MARCELLA PECORA MILAZZOTTO
  • Data: 30/05/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

10
  • VÍVIAM MOURA DA SILVA
  • Estudos da estabilidade, flexibilidade e atividade enzimática da ß-Mananase da bactéria hipermofílica thermotoga petrophila
  • Orientador : WANIUS JOSE GARCIA DA SILVA
  • Data: 02/06/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

11
  • ROBERTO LUIZ SILVA
  • Influência dos agentes de acoplamento na degradação ambiental de compósitos de Polipropileno/fibra de Curaua
  • Orientador : MARCIA APARECIDA DA SILVA SPINACE
  • Data: 30/07/2014
  • Mostrar Resumo
  • nihil

SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa-1.ufabc.int.br."sigaa-1"