PPGENE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgene

Banca de DEFESA: SÉRGIO EDUARDO PALMIERE

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SÉRGIO EDUARDO PALMIERE
DATA : 19/09/2019
HORA: 14:00
LOCAL: sala 301, 3º andar, Bloco B, UFABC-Santo Andre
TÍTULO:

METODOLOGIA PARA DESENVOLVIMENTO DE EDIFÍCIOS SUSTENTÁVEIS E SEGUROS: APLICAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO NET ZERO ÁGUA E ENERGIA EM EDIFÍCIOS COMERCIAIS NA CIDADE DE SÃO PAULO


PÁGINAS: 297
RESUMO:

Edifícios são um dos maiores consumidores de energia no mundo, consumindo em torno de 30-40% de toda a energia gerada nos países desenvolvidos. Assim, considerar uma metodologia para desenvolvimento de edifícios sustentáveis (com menor consumo de energia) mas ao mesmo tempo seguros é essencial. Com o surgimento das certificações verdes, formas de reduzir o consumo de energia e água começaram a ser estudados, sendo que atualmente a certificação verde chamada Living Building Challenge (LBC), criada nos Estados Unidos da América é a maior referência quanto a edificações net zero ou consumo externo zero de energia e água. O consumo zero se baseia na geração local de energia por meios sustentáveis e na captação de águas pluviais, uso de estratégias de gerenciamento de água, tratamento e uso de águas cinzas, de modo a atender as necessidades da edificação ao longo de todo o período de operação. Para isto diversas técnicas como telhados e paredes verdes, arquitetura bioclimática, módulos fotovoltaicos, alagados construídos, banheiros secos, entre outros são aplicados. Para a aplicação da metodologia na cidade de São Paulo, esta deve atender a Lei 16.402 de março de 2016 que rege o parcelamento do solo, assim como o Decreto 63.911 que trata sobre a prevenção e combate a incêndios no Estado de São Paulo. Este trabalho teve como objetivo estudar as diversas técnicas usadas em edifícios net zero para desenvolver uma metodologia que possa ser aplicada a edifícios comerciais localizados na cidade de São Paulo, atendendo à normatização LBC, o Decreto 63.911 e a Lei 16.402. A metodologia foi testada com três modelos de prédios comerciais, um edifício de médio porte de uma única empresa, um edifício comercial de grande porte de escritórios e um shopping center alocados dentro da cidade de São Paulo. A metodologia proposta provou ser eficiente, contudo, para que um edifício possa ser totalmente independente de água e energia de redes externas, se fez necessário modificar o padrão atual de construção, utilizando a arquitetura bioclimática, optando-se por prédios com menor altura e usando a máxima taxa de ocupação do solo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1544284 - LUIS ALBERTO MARTINEZ RIASCOS
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1544367 - FEDERICO BERNARDINO MORANTE TRIGOSO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1646410 - ROSELI FREDERIGI BENASSI
Membro Titular - Examinador(a) Externo ao Programa - 1603909 - RICARDO GASPAR
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - ALESSANDRO LA NEVE - FEI
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 2352043 - SILVIA LENYRA MEIRELLES CAMPOS TITOTTO
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - EMILIA VILLANI - ITA
Notícia cadastrada em: 21/08/2019 23:08
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa-2.ufabc.int.br.sigaa-2