PPGINV PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E GESTÃO DA INOVAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppginv

Banca de QUALIFICAÇÃO: TALISON ALVARENGA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TALISON ALVARENGA DOS SANTOS
DATA : 12/08/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Campus SA da Fundação Universidade Federal do ABC, localizada na Avenida dos Estados, 5001, Santa Terezinha, Santo André, SP
TÍTULO:

LABORATÓRIO 4.0: PROPOSTA DE METODOLOGIA PARA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DE LABORATÓRIOS DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO


PÁGINAS: 56
RESUMO:

Nos últimos anos o tema da transformação digital vem ganhando destaque na indústria. Não é à toa que atualmente está em andamento a chamada Quarta Revolução Industrial, que tem como principal característica o emprego de tecnologias digitais, tanto na área de negócios como também em setores da sociedade. Nos laboratórios industriais de P&D, a digitalização aumenta a capacidade de coleta de dados, por exemplo. Sensores online ligados aos equipamentos fornecem informações em tempo real sobre experimentos, garantindo maior controle do pesquisador. O uso de simuladores computacionais reduz a necessidade de testes em bancada, o que por sua vez reduz custos e tempo de desenvolvimento. Entretanto, apesar de reconhecidos os benefícios da digitalização, muitas companhias não estão conseguindo colocar em prática as tecnologias digitais. Isto se acentua no setor químico, considerado atrasado digitalmente quando comparado à outras indústrias, como a automotiva por exemplo. Na prática, projetos até são iniciados nas áreas das companhias, mas poucos de fato passam da etapa inicial de testes. Sendo assim, como deve ser o processo de condução da transformação digital em laboratórios de P&D de modo a maximizar o sucesso das soluções tecnológicas? O objetivo central deste estudo é propor um plano para execução e controle da transformação digital em laboratórios de P&D de empresas químicas a fim de se alavancar a efetividade das soluções digitais. Serão empregadas duas ferramentas: Mapa de Maturidade, sugerindo a trilha necessária para se alcançar os níveis desejados de digitalização de forma gradual, apontando os pré-requisitos mínimos para se avançar de nível; e o roadmap tecnológico, responsável por indicar as tecnologias necessárias em cada nível de maturidade. Será realizada uma avaliação prévia das áreas que compõe o centro de P&D da empresa para mapear as reais necessidades dos setores que irão compor o alvo do plano digital. Como produto final, buscaremos apresentar um plano definindo as etapas a serem cumpridas, bem como as tecnologias a serem empregadas na empresa em relação a cada nível de maturidade digital a ser alcançado.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1544379 - ANDERSON ORZARI RIBEIRO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 2269065 - ROMULO GONCALVES LINS
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - CESAR LIBERATO PETZHOLD - USP
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1603909 - RICARDO GASPAR
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - TOME MAURO SCHMIDT - USP
Notícia cadastrada em: 22/07/2021 10:48
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-1.sigaa-1