PPGENE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgene

Banca de QUALIFICAÇÃO: KAREN FERNANDA DE PAULA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KAREN FERNANDA DE PAULA
DATA : 10/03/2020
HORA: 09:00
LOCAL: sala 404, 4º andar, Bloco B, Campus SA da Fundação Universidade Federal do ABC, localizada na Avenida dos Estados, 5001, Santa Terezinha, Santo André, SP
TÍTULO:

AVALIAÇÃO SUSTENTÁVEL DE TRANSFERÊNCIA DE ÁGUA ENTRE RIOS E BACIAS EM CONTRIBUIÇÃO AO
PLANEJAMENTO ENERGÉTICO


PÁGINAS: 41
RESUMO:

No Brasil, grande parte da energia elétrica é proveniente de geração hidroelétrica que tem como
combustível a água, que de acordo com a Agência Nacional de Águas, apesar da abundância de
água existente no país, há um desequilíbrio entre oferta de água em uma região e a demanda por
esta na mesma região. Portanto, o gerenciamento dos reservatórios brasileiros enfrenta conflitos
que envolvem a geração de energia elétrica e os usos múltiplos da água, tais como abastecimento
de uma região ou mesmo navegação. A industrialização e o desenvolvimento econômico, em
algumas regiões também, intensificaram o uso dos recursos hídricos, e contribuíram com o
aumento da poluição das águas, uma vez que não se faz o tratamento adequado após seu uso
para retornar aos rios e mananciais. A transferência de água entre rios e bacias é uma estratégia
interessante para solucionar o conflito de usos múltiplos e o desequilíbrio entre oferta e demanda,
além de proporcionar um melhor aproveitamento da produtibilidade de usinas hidrelétricas.
A transferência de água provoca impactos ambientais tanto na bacia doadora quanto na bacia
receptora, assim sendo, os impactos positivos da transferência devem superar os impactos
negativos. Este trabalho pretende analisar os parâmetros de qualidade de água nos rios envolvidos
no processo de transferência de água, usando o Índice de Qualidade das Águas (IQA), para que
se possa fazer um estudo do ganho energético e econômico desta transferência. Inicialmente
foi aplicada a metodologia de pesquisa bibliográfica e estudo de informações contidas em um
modelo computacional desenvolvido para o planejamento da operação de sistemas hidrotérmicos
de potência, o qual auxilia na definição da quantidade ótima de água a ser transferida entre rios
e/ou bacias para que a usina hidroelétrica possa gerar ao longo do período de planejamento. Em
seguida, pretende-se através de uma metodologia proposta identificar os aspectos ambientais
gerados quando se opta pela transferência de água com o objetivo de aumentar a eficiência
energética de uma usina. Para a transferência de água, determinada, foram calculadas as novas
concentrações dos parâmetros do IQA, após a mistura de rios, e o novo IQA do rio receptor.
O estudo foi feito para a transferência de água dos Rios Pinheiros e Tietê para o reservatório
Billings, e apontou a necessidade de despoluição das águas para melhor aproveitamento da
produtibilidade da usina de Henry Borden. A despoluição beneficiará também a população da
região metropolitana de São Paulo que é abastecida pelas águas dos reservatório Billings. O
próximo passo deste estudo será o desenvolvimento de um módulo, em linguagem Java, que
acoplado ao módulo que determina a transferência ótima de água entre rios e bacias, possa
dimensionar o impacto ambiental provado por este processo de tal forma a balizar a tomada de
decisão dos agentes envolvidos nesta operação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1646410 - ROSELI FREDERIGI BENASSI
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1671333 - EDMARCIO ANTONIO BELATI
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - WERNER SIEGFRIED HANISCH - UNIFESP
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1545354 - RICARDO CANELOI DOS SANTOS
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - JACYRO GRAMULIA JUNIOR - IFSP
Notícia cadastrada em: 21/02/2020 19:21
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa-2.ufabc.int.br.sigaa-2