PPGENE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgene

Banca de DEFESA: JULIANE TAISE PIOVANI

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JULIANE TAISE PIOVANI
DATA : 27/10/2023
HORA: 19:30
LOCAL: Videoconferencia
TÍTULO:

Geração de energia elétrica baseada no uso de conversores de correntes de marés de baixa velocidade


PÁGINAS: 182
RESUMO:

Há uma preocupação mundial em solucionar a curto prazo meios para a conversão de fontes
abundantes de energias renováveis eficientes e seguras, pois os combustíveis fósseis são finitos.
Isso despertou o interesse por novas fontes, capazes de substitui-las para atender grande parte
das necessidades energéticas em todo o mundo. Em geral, a desvantagem no uso de fontes
renováveis é sua dependência em relação às forças da natureza, além de serem disponíveis
somente em locais apropriados e em períodos sazonais. Dentre as diversas existentes, as
energias renováveis do mar são consideradas promissoras, onde destaca-se a energia de
correntes de maré. As marés se caracterizam como ondas longas, de gravidade superficial,
geradas pela interação gravitacional entre a Lua e a Terra e em menor influência, o Sol com o
oceano. A cidade de Santos, localizada no Litoral Paulista foi a área escolhida para esta
pesquisa, por ser uma das regiões mais importantes de toda a costa brasileira, destacando-se no
setor industrial, econômico, ambiental e turístico. O Porto de Santos, considerado o maior porto
da América Latina, encontra-se na cidade Santos. Devido as incertezas de abastecimento de
energia enfrentados pelo porto, o objetivo deste trabalho é propor um estudo na área de Santos
para validar a possibilidade de instalações de dispositivos de marés de baixa velocidade, uma
vez que esses dispositivos apresentam dimensões menores e funcionam com velocidades de
correntes em torno de 1 m/s. Para a instalação das turbinas é necessária uma avaliação da região,
com o intuito de evitar possíveis impactos ambientais e prejudicar atividades interligadas ao
Porto de Santos, relacionadas à navegação, pesca, atividades recreativas e a população local.
Esse estudo foi avaliado por meio de um modelo hidrodinâmico 3D para simular a circulação
das marés e determinar pontos ideias para instalação do dispositivo. Após análise dos
resultados, pretende-se que essa pesquisa seja um modelo para se aplicar em toda a costa
brasileira.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1544367 - FEDERICO BERNARDINO MORANTE TRIGOSO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1544340 - PATRICIA TEIXEIRA LEITE ASANO
Membro Titular - Examinador(a) Externo ao Programa - 433669 - FABIANA APARECIDA DE TOLEDO SILVA
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - SUELI SUSANA DE GODOI - USP
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - ROBERTO FIORAVANTI CARELLI FONTES - UNESP
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 3291731 - VICTORIA ALEJANDRA SALAZAR HERRERA
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - SONIA MAGALHÃES DOS SANTOS - FURG
Notícia cadastrada em: 10/10/2023 10:17
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa-1.ufabc.int.br.sigaa-1-prod