PPGENE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgene

Banca de DEFESA: LUIZA BUSCARIOLLI

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUIZA BUSCARIOLLI
DATA : 10/10/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 406 do Bloco B do Campus de Santo André da Universidade Federal do ABC
TÍTULO:

Desenvolvimento de Metodologias para a Detecção de Ilhamento em Sistemas com Geração Fotovoltaica


PÁGINAS: 123
RESUMO:

O sistema elétrico de potência atravessa um momento de mudanças. Alterações na legislação tornaram possível a conexão de geradores distribuídos (GDs) na rede e unidades que apenas consumiam potência passam a injetá-la na rede. A geração fotovoltaica vem crescendo nos últimos anos e já é a fonte mais utilizada como geração distribuída no Brasil. Uma das principais preocupações ao se conectar um GD na rede é o ilhamento não-intencional, que ocorre quando uma porção da rede contendo GD e cargas permanece eletrificado, porém eletricamente isolado do restante da rede. Neste caso, o fornecimento de energia do GD não tem supervisão da rede. Quando tal situação não é identificada pelas proteções existentes, além de problemas com a qualidade da energia, podem ocorrer acidentes, já que há uma parte da rede que está energizada indevidamente. Este trabalho visa apresentar e comparar duas metodologias para a detecção de ilhamento de geradores fotovoltaicos. A primeira metodologia é baseada em redes neurais artificiais (RNAs), sendo a detecção realizada por meio de uma análise do sinal de tensão no ponto de conexão entre a instalação considerada e a concessionária. Já a segunda metodologia proposta utiliza Transformada Discreta de Wavelet (TDW) para detectar o ilhamento, também analisando o sinal de tensão no ponto de conexão com a concessionária.

No final deste trabalho, são apresentados os resultados dos algoritmos propostos diante de situações de ilhamento, bem como testes para delimitar os limites de operação de cada algoritmo, sendo possível constatar o bom desempenho de ambas as técnicas. Os algoritmos responderam corretamente em 100% dos casos práticos avaliados, mesmo frente a situações de baixo desbalanço de potência. O tempo de detecção foi baixo para ambas as técnicas, ficando entre 0,06 s e 0,09 s.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1545354 - RICARDO CANELOI DOS SANTOS
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 2236209 - RICARDO DA SILVA BENEDITO
Membro Titular - Examinador(a) Externo ao Programa - 884.651.954-04 - FABIANO FRAGOSO COSTA - UFBA
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1671333 - EDMARCIO ANTONIO BELATI
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 1545367 - CELSO SETSUO KURASHIMA
Notícia cadastrada em: 13/09/2022 15:31
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa-1.ufabc.int.br.sigaa-1-prod