PPGENE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgene

Banca de DEFESA: ETEVALDO FRANCISCO CARREIRA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ETEVALDO FRANCISCO CARREIRA JUNIOR
DATA : 30/04/2021
HORA: 09:00
LOCAL: “por participação remota”
TÍTULO:

AQUECIMENTO SOLAR DE ÁGUA PARA PROCESSOS INDUSTRIAIS: PROPOSTA DE UM MÉTODO PARA ANÁLISE TÉCNICO-ECONÔMICA


PÁGINAS: 131
RESUMO:

Muitos estudos vêm sendo produzidos sobre aplicações de sistemas de aquecimento solar (SAS) em processos industriais, para identificar usos potenciais e justificar ou motivar sua expansão. No entanto, embora haja casos relatados dessa aplicação em diferentes setores industriais, eles ainda são poucos, diante do parque industrial existente. Várias barreiras que dificultam ou impedem maior divulgação e aplicação dos SAS foram identificadas: a complexidade para sua integração aos processos industriais existentes e em operação; a falta de conhecimento de empresários e demais tomadores de decisão sobre essa tecnologia, o que os leva a nem mesmo considerá-la como uma possibilidade; a escassez de ferramentas computacionais de cálculo fáceis de serem utilizadas por pessoas não técnicas, para dimensionamento, custeio e análise de viabilidade preliminares dos projetos. Assim, o objetivo geral deste trabalho de pesquisa é propor uma metodologia para selecionar, dimensionar, integrar e estimar a viabilidade financeira de SAS para aplicação em processos industriais, bem como desenvolver uma ferramenta computacional de cálculo preliminar do projeto de SAS, visando criar meios de ajudar a superar, ao menos em parte, as barreiras mencionadas. Para determinar a demanda de aquecimento necessária ao processo e o ponto de integração do SAS ao processo, será utilizado o Método de Análise Pinch; para o dimensionamento da área do campo de coletores solares necessária, será utilizado o Método da Carta F (F-Chart); finalmente, para realizar a análise econômica do projeto será aplicado Método do Custo do Ciclo de Vida (Life Cycle Cost - LCC). A ferramenta de cálculo será desenvolvida em Excel, e posteriormente poderá ser programada em outra linguagem para ser acessada pela Internet ou por aplicativo em smart phones. A ferramenta deverá utilizar parâmetros geográficos e climáticos do território brasileiro e deverá emitir relatório de saída com as estimativas de área de coletores, custo do investimento, uma classificação das tecnologias pelo critério definido pelo usuário, a economia de energia proporcionada pelo SAS e o tempo de retorno do investimento. Para testar a metodologia e a ferramenta de projeto, será apresentado um estudo de caso em uma indústria.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1977178 - REYNALDO PALACIOS BERECHE
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 282.331.168-82 - ADRIANO VIANA ENSINAS - UFLA
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1600874 - MARCELO MODESTO DA SILVA
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - MARCELO NOGUEIRA - UNIP
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - MARIO MOLLO NETO - UNESP
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1548098 - GILBERTO MARTINS
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - FÁBIO ESTEVES DA SILVA
Notícia cadastrada em: 06/04/2021 15:39
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-1.sigaa-1