PPGBTC PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOCIÊNCIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgbtc

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAROLINE ARANA DA SILVA RIBEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAROLINE ARANA DA SILVA RIBEIRO
DATA : 21/08/2019
HORA: 14:00
LOCAL: na sala 303, 3º andar, Bloco B, Campus SA da Fundação Universidade Federal do ABC, localizada na Avenida dos Estados, 5001, Santa Terezinha, Santo André, SP
TÍTULO:

NANOCOLÓIDES DE OURO EM AMBIENTES BIOLÓGICOS: INFLUÊNCIA DA NATUREZA QUÍMICA DE AGENTES ESTABILIZANTES POLIMÉRICOS NOS PROCESSOS DE CITOTOXICIDADE, CAPTURA CELULAR E ADSORÇÃO PROTEICA


PÁGINAS: 50
RESUMO:

O projeto proposto se insere na grande área de “coloides e interfaces” e tem como objetivo a fabricação de nanopartículas de ouro (AuNPs) reduzidas e estabilizadas por polímeros aminados. Neste sentido, será utilizado um conjunto de oito polímeros diferentes baseados na cadeia de polietilenoimina linear ou ramificada, e substituídas com grupos alquila e/ou lactose. A primeira etapa do projeto prevê a detalhada caracterização do perfil cinético de formação de AuNPs estabilizadas pelas diferentes cadeias poliméricas e a caracterização estrutural das nanopartículas produzidas em diferentes condições de síntese. Utilizando-se diferentes polímeros aminados, espera-se variar substancialmente o tamanho, carga e natureza superficial das entidades nanométricas produzidas. Na sequência, será avaliada a influência destes parâmetros estruturais com relação à citotoxicidade, atividade hemolítica e internalização celular dos nanocoloides metálicos manufaturados. Como hipótese de trabalho, é possível que estes parâmetros estruturais sejam muito relevantes na interação nanopartícula-célula e assim, devem influenciar de maneira substancial os eventos biológicos que serão investigados. A etapa final do projeto de tese de Doutorado prevê avaliar a influência das características superficiais das AuNPs produzidas também no processo de adsorção proteica. Neste caso, as AuNPs serão incubadas em diferentes ambientes proteicos e o fenômeno de adsorção será monitorado utilizando-se as técnicas de espalhamento de luz dinâmico (DLS) e eletroforético (ELS), além de  espectroscopia UV-vis. Neste exame de Qualificação de Doutorado são demonstrados os resultados obtidos até o presente momento.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1552434 - LUCIANO AVALLONE BUENO
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - PAULA SILVIA HADDAD FERREIRA
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - MÔNICA HELENA MONTEIRO DO NASCIMENTO - UFABC
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1762438 - JEAN JACQUES BONVENT
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - OMAR MERTINS
Notícia cadastrada em: 18/07/2019 17:21
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-1.ufabc.int.br.sigaa-1