PPGBTC PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOCIÊNCIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgbtc

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAIO ALEXANDRE DE FREITAS SCHATZER

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAIO ALEXANDRE DE FREITAS SCHATZER
DATA : 02/08/2019
HORA: 09:30
LOCAL: sala 307, 3º andar, Bloco B, Campus SA da Fundação Universidade Federal do ABC, localizada na Avenida dos Estados, 5001, Santa Terezinha, Santo André, SP
TÍTULO:

EFEITOS DA EXPOSIÇÃO A FOTOPROTETORES EM Artemia salina Leach: ESTUDOS ECOTOXICOLÓGICO E COMPORTAMENTAL.


PÁGINAS: 110
RESUMO:

A poluição ambiental e os desequilíbrios causados por esta no ar, solo e água geram diversos impactos não somente a organismos que vivem nesses ambientes como também acabam afetando direta ou indiretamente o homem. Nesse sentido, nos últimos anos é alarmante os dados de poluição hídrica, particularmente em mares e oceanos, e como essa tem afetado negativamente peixes, recifes de corais entre outros. Assim, neste projeto, para estudo da ecotoxicidade e implicações comportamentais foram utilizados cistos e náuplios do microcrustáceo Artemia salina tratados com diferentes concentrações de DMSO bem como fotoprotetores diluídos em DMSO a 1%. Os resultados mostraram que houve redução da taxa de eclosão de cistos expostos a DMSO a 4 e 5% após 48 horas de observação, bem como aumento na taxa de mortalidade em DMSO a 3, 4 e 5%, sendo a CL50 em DMSO a 5%, bem como diminuição da atividade locomotora em nauplios expostos a DMSO a 5%. Em relação aos fotoprotetores os resultados demonstraram redução na taxa de eclosão e aumento na taxa de mortalidade em Stabyl C® nas concentrações 1:10, 1:30, 1:50 e 1:75 (v:v), diminuição da taxa de eclosão em OCR® 1:10 porém para esse fotoprotetor todas as concentrações foram letais. Ainda, foram observadas diminuição na taxa de eclosão em Uvinul® e TanGa® na concentração 1:10, bem como aumento da taxa de mortalidade somente m TanGa® na concentração 1:10. Em relação a atividade locomotora observou-se redução nesse parâmetro somente em OCR® nas concentrações 1:10 e 1:30 quando comparados ao grupo controle. Os protocolos desenvolvidos para as análises morfológicas de nauplios expostos a diferentes concentrações de DMSO e de fotoprotetores demonstraram ser possível a avaliação dos parâmetros para observação de efeitos toxicológicos. Esses resultados em conjunto apontam efeitos tóxicos de DMSO a 5% e alguns tipos de fotoprotetores bem como confirmaram que os testes de toxicidade com Artemia salina se mostram uma importante ferramenta biológica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1600878 - ARNALDO RODRIGUES DOS SANTOS JUNIOR
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 851.904.548-00 - MARIA MARTHA BERNARDI - NENHUMA
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - LEONI VILLANO BONAMIN - UNIP
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1544365 - GISELLE CERCHIARO
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - CARLOS EDUARDO MALAVASI BRUNO - FMU
Notícia cadastrada em: 10/07/2019 16:01
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-2.ufabc.int.br.sigaa-2