PPGBTC PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOCIÊNCIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgbtc

Banca de QUALIFICAÇÃO: THIAGO MINAMI SHEGUTI

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THIAGO MINAMI SHEGUTI
DATA : 20/10/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Por meio remoto
TÍTULO:

Substituição do soro fetal bovino (SFB) por plasma rico em plaquetas (PRP) em cultura de células-tronco mesenquimais, provenientes do cordão umbilical


PÁGINAS: 63
RESUMO:

As células-tronco (CT) são definidas por terem propriedades de proliferação e diferenciação, com capacidade de auto renovação celular, devido a essas características são amplamente estudadas no campo de terapia celular. As células tronco mesenquimais (CTM) representam a população de CT mais estudadas, por demonstrarem capacidade em dar origem em cardiomiócitos, músculo esquelético, precursores neurais, entre outras células. Para o cultivo de CTMs em laboratório, deve-se utilizar meio de cultura suplementado com soro fetal bovino (SFB), apesar do uso extensivo em protocolos para expansão celular, o SFB apresenta riscos potenciais que não podem ser negligenciados e que são difíceis de eliminar do soro. Uma alternativa à utilização de SFB é a utilização de plasma rico em plaquetas (PRP), que contém alta concentração de fatores de crescimento (FC) auxiliando na proliferação celular in vitro. O principal objetivo do estudo foi analisar a viabilidade da substituição do SFB por PRP provenientes do sangue de cordão umbilical, para suplementação do meio de cultura celular para expansão de CTM. Caracterizando a população para garantir a assertividade dos resultados, avaliar o padrão de crescimento de CTM frente ao SFB e PRP e comparar a diferenciação de CTM cultivadas com SFB e PRP. Foram coletados tecidos de cordão umbilical e posteriormente realizado o processamento celular. O PRP foi coletado do próprio sangue de cordão umbilical, processado e armazenado à menos 80°C. O presente estudo evidenciou a eficácia da substituição do SFB, para suplementação de culturas de CTM, por soro autólogo ou halogênico derivados do sangue de cordão umbilical (SCU). As células obtidas a partir do meio suplementado com PRP, demonstraram fenótipo de CTMs e exibiram critérios mínimos sugeridos pela Sociedade Internacional de Terapia Celular ISCT, demonstrando que o PRP pode estimular a proliferação de CTM, não promovendo alteração do padrão citoquímico em comparação ao SFB, portando não promovendo alterações no metabolismo celular citoquimicamente detectáveis, o PRP não alterou a viabilidade de forma importante em CTM do cordão umbilical humano.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1763428 - ELIZABETH TEODOROV
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1760474 - PATRICIA APARECIDA DA ANA
Membro Titular - Examinador(a) Externo ao Programa - 1764675 - CHRISTIANE BERTACHINI LOMBELLO
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 310.039.508-50 - MATEUS JOSE SUDANO - UFSCAR
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 1838194 - RENATA SIMOES
Notícia cadastrada em: 20/09/2022 22:05
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa-1.ufabc.int.br.sigaa-1-prod