PPGBTC PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOCIÊNCIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgbtc

Banca de QUALIFICAÇÃO: ISABELLA MARTINS LOURENÇO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ISABELLA MARTINS LOURENÇO
DATA : 26/08/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 306 do Bloco B do Campus Santo André da Universidade Federal do ABC
TÍTULO:

Síntese e caracterização de nanopartículas contendo doador de óxido nítrico para
aplicações biomédicas


PÁGINAS: 30
RESUMO:

A obtenção de nanomateriais híbridos é uma estratégia promissora para a obtenção de novos materiais versáteis com características potencializadas com diferentes aplicações em uma única nanoestrutura. As nanopartículas superparamagnéticas de óxido de ferro (SPIONs) recebem grande destaque por suas aplicações biomédicas na ressonância magnética, no tratamento contra o câncer e no transporte alvo dirigido de fármacos. As SPIONs apresentam ações antimicrobianas por causa das suas propriedades hipertérmicas, indicando que a presença de um campo magnético externo com oscilação de temperatura pode inibir células microbianas e contribuir no combate a biofilmes bacterianos. Estrategicamente, o revestimento das SPIONs possibilita o ancoramento da superfície dessas nanopartículas com outros tipos de metais e óxidos metálicos. Similarmente, as nanopartículas de óxido de zinco (ZnO NPs) são conhecidas por sua propriedade antimicrobiana e sua eficácia frente algumas células cancerígenas, sendo frequentemente utilizadas nas indústrias farmacêutica, cosmética e biomédica no tratamento de lesões cutâneas devido a sua propriedade antimicrobiana. Nesse contexto, o presente projeto objetiva a síntese e caracterização de nanopartículas de SPIONs@ZnO, envolvendo protocolos de síntese química e biogênica na produção de nanopartículas que sejam: (i) superparamagnéticas e (ii) antibacterianas. Essas nanopartículas serão incorporadas em hidrogéis e nanopartículas a base de quitosana, contendo doadores de óxido nítrico (NO) com a finalidade de potencializar o efeito antibacteriano, do nanomaterial, bem como aumentar sua biocompatibilidade e dispersão dessas nanopartículas. A quitosana é um polímero natural, biodegradável, biocompatível e antimicrobiano. O NO é uma molécula sintetizada endogenamente que controla diversos processos incluindo ações antimicrobianas, antitumorais e de reparação tecidual. Portanto, o projeto engloba a obtenção de nanocompósitos que visam agregar as funcionalidades individuais de cada componente, buscando otimizar ações biológicas esperadas (ação antimicrobiana e potencial de regeneração tecidual), incluindo sinergismo em conjunto com nanopartículas magnéticas, provendo um nanocompósito híbrido com grande potencial de uso em aplicações biomédicas na liberação localizada de NO.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1762438 - JEAN JACQUES BONVENT
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1763428 - ELIZABETH TEODOROV
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - Juliana de Carvalho Izidoro
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1640114 - MARCELA SORELLI CARNEIRO RAMOS
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - CAMILA NEVES LANGE
Notícia cadastrada em: 27/06/2022 19:30
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa-1.ufabc.int.br.sigaa-1-prod