PPGCEM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: (11) 4996-8201/8201 http://propg.ufabc.edu.br/ppgcem

Banca de DEFESA: CAMILA DE OLIVEIRA VIANI

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAMILA DE OLIVEIRA VIANI
DATA : 16/03/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório, 8º andar, Bloco B, Campus SA da Fundação Universidade Federal do ABC, localizada na Avenida dos Estados, 5001, Santa Terezinha, Santo André, SP
TÍTULO:

Efeito da utilização de tenacificante no comportamento mecânico de adesivos base epóxi


PÁGINAS: 110
RESUMO:

Os adesivos a base de resina epóxi são muito utilizados em aplicações estruturais devido à sua capacidade de aderir em uma ampla variedade de materiais e também por possuírem propriedades como alto módulo de elasticidade, elevada resistência à tração, baixa fluência e excelente resistência química. Porém, devido à alta densidade de ligações cruzadas em sua estrutura molecular, e consequente fragilidade, o adesivo epóxi pode apresentar baixa resistência a iniciação e propagação de trincas, resultando em baixas propriedades de impacto e resistência ao peeling. Para superar essas limitações, aditivos tenacificantes têm sido incorporados em formulações de adesivos epóxi, com o objetivo de otimizar a resistência à fratura e a resistência ao peeling com mínima alteração nas demais propriedades mecânicas destes adesivos. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo avaliar comparativamente a influência de dois tipos de tenacificantes elastoméricos nas propriedades mecânicas de um adesivo epóxi. Como tenacificantes foram utilizados: um pré-polímero de resina epóxi com um teor de 40% em massa de um copolímero de butadieno acrilonitrila com terminação carboxila (CTBN) e partículas pré-formadas com estrutura em “core-shell” que possuem um núcleo de borracha polibutadieno e uma fina camada externa de PMMA. As propriedades mecânicas da junção adesiva foram caracterizadas pelos ensaios de resistência ao cisalhamento e resistência ao peeling. Os ensaios de tração uniaxial, resistência ao impacto e análise dinâmico-mecânica (DMA) foram utilizados como complemento do estudo do comportamento mecânico e termomecânico dos adesivos. Por último, foi realizada a análise de microscopia eletrônica de varredura (MEV) na caracterização morfológica e da fratura a fim de avaliar o comportamento dos elastômeros na matriz epóxi.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1730526 - SUEL ERIC VIDOTTI
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 2390704 - MARA CRISTINA LOPES DE OLIVEIRA
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - CLAUDIO GERALDO SCHON - USP
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1671298 - RENATO ALTOBELLI ANTUNES
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 2352281 - LIGIA PASSOS MAIA
Notícia cadastrada em: 07/02/2020 10:03
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-1.sigaa-1