PPGCTQ PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA NA ÁREA DE QUÍMICA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgctq

Banca de QUALIFICAÇÃO: CARLOS LEONARDO LUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CARLOS LEONARDO LUZA
DATA : 20/06/2022
HORA: 14:00
LOCAL: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/wagner-27
TÍTULO:

CONVERSÃO CATALÍTICA DE GLICOSE E FRUTOSE EM 5-HIDROXIMETILFURFURAL


PÁGINAS: 21
RESUMO:

A biomassa vegetal permite a produção de compostos neutros em carbono, uma vez que ela é constituída pelo carbono assimilado pelas plantas durante a fotossíntese realizada ao longo de sua vida. Desse modo, fazer uso efetivo dessa fonte barata e abundante é essencial para que seja possível alcançarmos um melhor equilíbrio entre o consumo e o meio ambiente. Essa biomassa apresenta em sua composição diversos açúcares, dentre eles temos a glicose e a frutose que podem, através de reações catalisadas, serem convertidos em moléculas de maior valor agregado, moléculas essas conhecidas como produtos químicos de plataforma. Esse nome advém do grande potencial de aplicação, através de suas conversões, nos mais diversos produtos. Dentre os químicos de plataforma, há destaque para a molécula de 5-hidróximetil furfural (5-HMF) devido sua aplicação na produção de combustíveis e aditivos de combustíveis, o que permitindo uma cadeia verde de produção. No presente trabalho, foi feita a verificação de catalisadores produzidos a partir de Lignina Kraft de eucalipto, resíduo obtido da indústria de papel e celulose, através da carbonização hidrotérmica in situ, onde a carbonização ocorre na presença do agente funcionalizante. Em seguida, o catalisador foi submetido a impregnação por diferentes concentrações de cloreto de estanho (IV) 3, 9 e 20% e foram testados nas reações de conversão de glicose e frutose, com o objetivo de obter 5-HMF. O melhor resultado para a conversão de glicose foi obtido pelo catalisador impregnado com 9% em reação, tendo sido capaz de converter 72,86% da glicose com rendimento de 27,13% de 5-HMF, 16,75% de frutose, 3,70 de ácido fórmico, 2,63% de ácido levulínico, formando 22,64% de huminas. Para a frutose o melhor resultado obtido foi para o carvão base sem impregnação, tendo sido capaz de converter 54,84% da frutose, com 33,29% de produção de 5-HMF e 22% de huminas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1601156 - WAGNER ALVES CARVALHO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 233.691.308-90 - YVAN JESUS OLORTIGA ASENCIOS - UNIFESP
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - ANTÔNIO CARLOS FERREIRA BATISTA
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1762430 - DALMO MANDELLI
Notícia cadastrada em: 20/05/2022 10:36
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa-2.ufabc.int.br.sigaa-2-prod