PPGCTQ PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA NA ÁREA DE QUÍMICA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: (11) 4996-8358/8358 http://propg.ufabc.edu.br/ppgctq

Banca de DEFESA: NAOMI AKIBA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NAOMI AKIBA
DATA : 24/02/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Campus Santo André
TÍTULO:

Avaliação e aplicação da lignina Kraft na remoção de metais potencialmente tóxicos e corantes


PÁGINAS: 121
RESUMO:

Nas últimas décadas, além das atividades antrópicas como, galvanoplastia, curtume, indústria têxtil, fertilizantes, pesticidas e mineração, outro problema de poluição que vem crescendo mundialmente são os lixos eletrônicos, que possuem em sua composição poluentes orgânicos persistentes, metais potencialmente tóxicos e metais nobres. Assim antes de seu descarte torna-se necessário o tratamento dos resíduos. Dentre as várias técnicas que estão disponíveis para o tratamento de resíduos, a adsorção, é uma alternativa simples, com ampla aplicabilidade, viabilidade econômica, disponibilidade de materiais adsorventes e simples design. A lignina é um polímero altamente ramificado com uma variedade de grupos funcionais, oferecendo diferentes possibilidades de utilização, dentre elas, estudos relacionados as suas propriedades de adsorção para diferentes tipos de poluentes como metais potencialmente tóxicos, corantes orgânicos e pesticidas. Neste projeto, a partir da lignina in natura foi estudado a adsorção de 10 elementos metálicos entre metais potencialmente tóxicos e metais nobres. As variáveis que influenciam os processos de adsorção foram avaliadas e os dados experimentais obtidos foram aplicados em modelos cinéticos (pseudo-primeira ordem, pseudo-segunda e difusão intra-partícula) e modelos de isoterma de adsorção (Langmuir, Freundlich e Dubinin-Radushkevich). A partir destes estudos verificou-se alta afinidade dos íons ouro (III) e paládio (II) pela lignina in natura, realizando-se o estudo da seletividade em meio ácido para ouro e paládio. Por fim realizou-se o estudo da utilização da lignina in natura como suporte para catalisador, impregnando paládio e utilizando na reação de Suzuki-Miyaura, apresentando resultados iniciais semelhantes quando comparado com o catalisar comercial. Também foi realizado estudo da adsorção com a lignina acetilada e com o carvão. Ambos os materiais tornaram-se insolúvel em meio aquoso, porem teve-se a diminuição da capacidade de adsorção. A partir de todos esses estudos, a lignina se mostrou ser um adsorvente versátil. Além do seu potencial ambiental para a remediação, a lignina permite a recuperação de metais, como, por exemplo, utilizando meio ácido foi possível adsorver seletivamente íons ouro e paládio. Ainda se mostrou promitente para ser utilizada como suporte para catalise heterogênea. Esse cenário oferece real oportunidade para o uso sustentável da lignina em diferentes frentes. Também ajudarão no fechamento do ciclo da utilização da lignina para o desenvolvimento de uma economia circular.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1543683 - IVANISE GAUBEUR
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1601156 - WAGNER ALVES CARVALHO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1600860 - ALVARO TAKEO OMORI
Membro Titular - Examinador(a) Externo ao Programa - 1961116 - DEMETRIO JACKSON DOS SANTOS
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - PAULETE ROMOFF
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1544394 - PAULA HOMEM DE MELLO
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 1548095 - PATRICIA DANTONI
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - MARCIA GUEKEZIAN
Notícia cadastrada em: 01/02/2021 22:01
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-1.sigaa-1