PPGCEM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: (11) 4996-8201/8201 http://propg.ufabc.edu.br/ppgcem

Banca de QUALIFICAÇÃO: AILA COSSOVAN ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : AILA COSSOVAN ALVES
DATA : 11/12/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Por participação remota https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/anibal-2
TÍTULO:

ESTUDO DO COMPORTAMENTO DE CORROSÃO DA LIGA DE MAGNÉSIO ZK60A REVESTIDA COM ÓXIDO DE GRAFENO, UTILIZANDO MICROSCOPIA ELETROQUÍMICA DE VARREDURA


PÁGINAS: 84
RESUMO:

Ligas de magnésio são materiais de grande interesse em diversas aplicações por possuírem uma boa relação entre resistência e densidade, porém mostram-se susceptíveis à corrosão, limitando seu uso. Dentre as ligas de magnésio, a ZK60A (Mg-Zn-Zr) se destaca por sua excelente combinação entre resistência mecânica e ductilidade à temperatura ambiente. Uma alternativa para melhorar a resistência à corrosão é utilizando revestimentos de superfície, como os revestimentos à base de grafeno e seus derivados, que em ligas de magnésio têm se mostrado eficientes e de baixo custo. Para estudos do comportamento de corrosão, o uso de técnicas de varredura eletroquímica tem se tornado frequente, e dentre as técnicas disponíveis, a microscopia eletroquímica de varredura se destaca por permitir uma avaliação eletroquímica local e de alta resolução em ligas de magnésio. O presente trabalho busca, por meio de ensaios de impedância eletroquímica, polarização potenciodinâmica e microscopia eletroquímica de varredura, estudar o comportamento de corrosão da liga de magnésio ZK60A revestida óxido de grafeno, utilizando silano como agente de acoplamento. Até o momento, utilizando ensaios de impedância eletroquímica e polarização potenciodinâmica em solução de NaCl 3,5% m/v, foram avaliados os comportamentos de corrosão da liga sem tratamento e em condições de pré-tratamento de superfície, em imersão em NaOH 3M e APTES 5% v/v. Os resultados obtidos mostraram que ocorre um aumento da resistência à corrosão nas condições de pré-tratamento, quando comparados com a condição sem tratamento.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1925199 - ANIBAL DE ANDRADE MENDES FILHO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 046.939.119-76 - JULIANO SOYAMA - UNICAMP
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - FERNANDA MARTINS QUEIROZ
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 2604737 - EVERALDO CARLOS VENANCIO
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - MARINA FUSER PILLIS - IPEN
Notícia cadastrada em: 27/10/2020 14:51
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-2.sigaa-2