PPGCEM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: (11) 4996-8201/8201 http://propg.ufabc.edu.br/ppgcem

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDRÉ BARONI JERMOLOVICIUS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANDRÉ BARONI JERMOLOVICIUS
DATA : 25/11/2020
HORA: 14:00
LOCAL: por participação remota: https://meet.google.com/bto-whmc-dsh
TÍTULO:

EFEITOS DA COMPOSIÇÃO, TEMPERATURA E TEMPO DE SINTERIZAÇÃO COM MICRO-ONDAS NA MICROESTRUTURA E PROPRIEDADES DE UMA PORCELANA TRANSLÚCIDA


PÁGINAS: 98
RESUMO:

Apresentam-se os resultados de um trabalho sobre sinterização híbrida com micro-ondas de porcelanas translúcidas. Neste trabalho pretende-se estabelecer uma relação entre a) proporção entre os teores de caulim branco e feldspato potássico, b) temperatura de sinterização, c) tempo de permanência no patamar de sinterização e as propriedades do produto sinterizado: densidade aparente, absorção de água, transmitância de luz e constante dielétrica. Os testes foram realizados com três composições de porcelana com teores diferentes de caulim (40, 45 e 49%) e feldspato (39, 34 e 30%), além de 17% de quartzo, 3% de wollastonita e 1% de bentonita. Corpos de prova obtidos por prensagem foram sinterizados em forno de micro-ondas com câmara de queima com susceptor de carbeto de silício, em três temperaturas de patamar (1200, 1240 e 1260 °C). Testaram-se dois procedimentos de aquecimento até a temperatura de sinterização: a) rampa única empregando plena potência dos magnetrons e b) com cinco rampas de curta duração relativas a quatro patamares intermediários de aquecimento. Como contraste para o aquecimento com micro-ondas, foram realizadas queimas em forno elétrico convencional. Como resultado, observou-se que a sinterização com micro-ondas produziu porcelana com densidade maior e absorção de água menor, em comparação à sinterização convencional. Também se observou que a adoção dos patamares intermediários levou a melhores resultados. Em função dos resultados iniciais, foram estabelecidos os limites extremos para aplicação de um delineamento experimental central composto (CCD) a ser realizado para estabelecer equações empíricas, via CCD, para relacionar as propriedades investigadas com a composição da porcelana translúcida. Para tanto, além de sinterizações com micro-ondas serão realizados ensaios de caracterização física e de análise microestrutural (difração de raios X, microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia por dispersão de energia) das amostras sinterizadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1948454 - VANIA TROMBINI HERNANDES
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - ROMUALDO RODRIGUES MENEZES - UFCG
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - EDUARDO VICTOR DOS SANTOS POUZADA - IMT
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1997753 - LUIZ FERNANDO GRESPAN SETZ
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 2604128 - ALEXANDRE JOSE DE CASTRO LANFREDI
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - ROBERTO NASSER JUNIOR - UNIFESP
Notícia cadastrada em: 07/10/2020 10:18
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-2.sigaa-2