PPGNMA PÓS-GRADUAÇÃO EM NANOCIÊNCIAS E MATERIAIS AVANÇADOS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgnma

Banca de QUALIFICAÇÃO: JAQUELINE FALCHI DA ROCHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JAQUELINE FALCHI DA ROCHA
DATA : 28/04/2023
HORA: 14:00
LOCAL: On line
TÍTULO:

FABRICAÇÃO DE DISPOSITIVOS ELETROQUÍMICOS FLEXÍVEIS À BASE DE PAPEL PIROLISADO MODIFICADOS COM POLIDOPAMINA


PÁGINAS: 73
RESUMO:

Os dispositivos analíticos de papel são uma boa alternativa entre os sensores usados na indústria farmacêutica, alimentar e agro, por serem a base de um material simples, de baixo custo e biodegradável. Dentre as técnicas de produção destes dispositivos, a pirólise do papel, é a que vem ganhando destaque por tornar o próprio material condutor. Logo, neste trabalho será explorado a pirólise do papel para o desenvolvimento de sensores eletroquímicos. Após a pirólise, é interessante que ele seja funcionalizado, então neste sentido aqui o substrato será modificado com polidopamina.  Após o processo de funcionalização foi observado que a presença do filme de polidopamina introduz funcionalidades químicas ricas em oxigênio (O-C=O) e nitrogênio (R-NH2, R2-NH, =N-R) os quais diminuem o ângulo de contato de 114° para 0°. Ao fazer tratamentos térmicos em diferentes temperaturas na polidopamina, ocorre mudanças na composição química da superfície, mas que as razões são possíveis de serem controladas pelas temperaturas. Tais modificações químicas foram acompanhadas por meio de análises de MEV, XPS, microscopia confocal, Raman, ângulo de contato e por voltametria cíclica. A funcionalização traz superhidrofilicidade ao papel, o tratamento térmico da polidopamina varia a composição química do revestimento, logo altera a molhabilidade (0 para 89°), melhora a resistividade (75 para 62 mΩ cm-1) e colabora na redução dos valores de ∆Ep (240 mV para 68 mV) quando a temperatura atinge 1000°C. Portanto, usar do controle desses parâmetros será muito útil para o desenvolvimento de sensores e biossensores visando ganho de sensibilidade e processos de funcionalização futuros para imobilizar agentes de reconhecimento biológicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1671688 - ANDRE SARTO POLO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1544341 - WENDEL ANDRADE ALVES
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - JACQUELINE ARGUELLO DA SILVA - UFRGS
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - JULIANO ALVES BONACIN
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 052.991.506-52 - JULIANA DA SILVA BERNARDES - UFABC
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - CLAUDIO RADTKE - UFRGS
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - LUIZ HENRIQUE DALL''ANTONIA - UEL
Notícia cadastrada em: 06/04/2023 19:14
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa-2.ufabc.int.br.sigaa-2-prod