PPGCCM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgccm

Banca de QUALIFICAÇÃO: THAYNARA CRISTINA MAIA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THAYNARA CRISTINA MAIA DOS SANTOS
DATA : 11/03/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Santo André
TÍTULO:

Sistema de Visão Embarcado Desenvolvido em Robótica Social: A Emoção Identificada por Meio de Expressões Faciais


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Os robôs sociais são capazes de comunicar, estabelecer e manter relações sociais com as pessoas com as quais interagem, o que melhora a Interação Humano Robô (IHR), tornando essa relação mais natural. Além disso, estes robôs encontram-se em diversos ambientes, como hospitais, hotéis, escritórios, residências, entre outros. Dessa maneira, a necessidade de interação entre os robôs e os seres humanos torna-se inevitável. Portanto, pesquisadores têm se dedicado no desenvolvimento de projetos cada vez mais preocupados com a IHR. Uma das aplicações está relacionada com a capacidade de um robô social de reconhecer as emoções de um ser humano através das suas expressões faciais. Vale ressaltar que as emoções possuem um papel fundamental na socialização humana e as expressões faciais são uma importante via para a comunicação entre humanos e robôs. Sendo assim, este trabalho tem como objetivo fazer com que a cabeça robótica, conhecida como Two-Ts, mais especificamente o seu sistema de visão embarcado, seja capaz de identificar, durante a interação com um ser humano e em tempo real, algumas emoções básicas e universais. Pode-se citar felicidade, tristeza, medo, raiva, nojo e/ou surpresa. O desenvolvimento deste sistema será realizado pelas seguintes etapas: (i) Detecção da Face; (ii) Detecção das Características Faciais; (iii) Classificação da Expressão Facial; (iv) Inferência da Emoção. A primeira etapa, conhecida como Detecção da Face, consiste em detectar, através de uma câmera instalada em um computador embarcado, a face de uma pessoa. A Detecção das Características Faciais, considerada a segunda etapa, identifica as regiões faciais mais significativas da face, como olhos, boca, sobrancelhas e nariz. A terceira etapa, denominada Classificação da Expressão Facial, tem como objetivo realizar a identificação das Unidades de Ações (UAs) que são abordadas no Facial Action Coding System (FACS) de Paul Ekman. Por fim, a Inferência da Emoção classifica as emoções relacionando as UAs com uma determinada expressão facial.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1762339 - WAGNER TANAKA BOTELHO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1675532 - MARCIO KATSUMI OIKAWA
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1672965 - EDSON PINHEIRO PIMENTEL
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1722875 - DAVID CORREA MARTINS JUNIOR
Notícia cadastrada em: 16/02/2020 19:48
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-2.sigaa-2