PPGCCM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: 11 4996-8337 http://propg.ufabc.edu.br/ppgccm

Banca de QUALIFICAÇÃO: ITALO GIULLIAN CARVALHO DE ALBUQUERQUE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ITALO GIULLIAN CARVALHO DE ALBUQUERQUE
DATA : 02/10/2023
HORA: 08:00
LOCAL: meet.google.com/hfa-yosw-shv
TÍTULO:

O Uso do Aprendizado de Máquina para Quantificação de Incerteza na predição de incidência da Dengue e Chikungunya


PÁGINAS: 40
RESUMO:

A dengue e a chikungunya são dois problemas de saúde pública e, para combatê-la, é necessário conhecer cada vez mais os fatores favoráveis ao seu desenvolvimento, proliferação, e surgimento de novos focos. Neste contexto, o presente trabalho tem o objetivo de desenvolver uma metodologia para estimar a incerteza na série temporal de casos de dengue e chikungunya. A pesquisa foi conduzida sobre os bairros de Copacabana, Jacarepaguá e Vila Militar da cidade do Rio de Janeiro, considerando dados coletados da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro e do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Foram utilizadas variáveis climáticas e técnicas de aprendizado de máquina, incluindo previsão autorregressiva recursiva com variáveis exógenas, previsão autorregressiva recursiva com preditores customizados, além de cálculo de intervalos de previsão. Os resultados obtidos revelaram \textit{insights} significativos sobre a relação entre os fatores climáticos e a incidência das doenças. Foi observado que os padrões sazonais e as flutuações nas variáveis climáticas se correlacionam de maneira distinta com o aumento da incidência de casos de dengue e chikungunya. Foi destacado a eficácia do modelo autorregressivo com preditores personalizados, capaz de capturar tendências e flutuações sazonais nas séries temporais. Na conclusão do trabalho, espera-se que a metodologia desenvolvida contribua para uma melhor compreensão dos fatores que influenciam a disseminação da dengue e da chikungunya, e também possa ser uma ferramenta valiosa para a formulação de políticas de saúde pública. A capacidade de estimar a incerteza nas séries temporais dessas doenças abre portas para uma abordagem mais informada e adaptativa no combate a essas ameaças à saúde pública.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1673092 - RONALDO CRISTIANO PRATI
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1676329 - RAPHAEL YOKOINGAWA DE CAMARGO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 3008222 - PAULO HENRIQUE PISANI
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1722875 - DAVID CORREA MARTINS JUNIOR
Notícia cadastrada em: 11/09/2023 07:45
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa-2.ufabc.int.br.sigaa-2-prod