PPGCCM PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgccm

Banca de QUALIFICAÇÃO: FELIPE DA CRUZ NERY

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FELIPE DA CRUZ NERY
DATA : 09/11/2020
HORA: 13:30
LOCAL: por participação remota
TÍTULO:

Diretrizes e padrões para o desenvolvimento de configurações de acessibilidade de aplicativos móveis sob a perspectiva do design universal.


PÁGINAS: 100
RESUMO:

A computação móvel é a área que mais cresce no design de sistemas interativos, pois abrange todos os tipos de dispositivos,  desde telefones celulares, pequenos computadores notebooks, assistentes pessoais, leitores de e-books, bem como dispositivos de computação tangível e vestível. A enorme variedade de dispositivos, que possuem diferentes tipos de controles e diferentes recursos, tornam o design para  computação móvel um grande desafio. Aliada a variedade de dispositivos móveis, encontra-se ainda a diversidade de usuários que são atraídos  pela ubiquidade a preços acessíveis desses artefatos. Para atender essa gama de usuários heterogêneos, os softwares instalados nesses dispositivos  necessitam fornecer diferentes mecanismos de acessibilidade, como é o caso dos sistemas operacionais (SO’s). Esses sistemas, já embutidos nos celulares, fornecem um conjunto de configurações de acessibilidade. Essas configurações se tornaram tão importantes nos SO’s, que sem elas não seria possível fornecer ao consumidor um único  tipo de dispositivo móvel para diferentes tipos de usuários.  Dessa forma, pode-se afirmar que as configurações nativas dos celulares permitem alcançar, na medida do possível, o universal a esses dispositivos. Por outro lado, as configurações SO’s, na maioria das vezes, não refletem nos variados aplicativos instalados nesses dispositivos móveis, isso ocorre  quando uma aplicação não tem o suporte a configuração de acessibilidade do celular e o aplicativo bloqueia essas configurações para evitar inconsistências. Idealmente, para resolver esse problema, os desenvolvedores de aplicativos móveis poderiam implementar sua aplicação herdando as configurações dos SO’s,  porém muitas das configurações necessárias para atender aos diferentes tipos de usuários, não estão disponíveis nas APIs de desenvolvimento dos aplicativos.  Uma outra maneira de mitigar esse problema, seria implementar dentro de cada aplicativo, os requisitos de configurações necessários para atender aos  diferentes tipos de usuários. Para viabilizar essa implementação, a compreensão das reais necessidades dos diferentes tipos de usuários  passa a ser uma tarefa desafiadora para o analista do sistema, que necessitaria realizar um design centrado em vários tipos de usuário.  Trabalhos anteriores sobre acessibilidade móvel focaram principalmente em diretrizes de acessibilidade móvel para deficientes visuais e idosos  acessibilidade da web móvel, ou em aplicativos que são projetados especificamente para pessoas com deficiências físicas. Por outro lado, fornece de antemão ao analista/desenvolvedor os requisitos necessários para que o aplicativo móvel possa atender as configurações de  acessibilidade é o primeiro passo para que os desafios sejam superados e o acesso universal seja alcançado.  Mas quais são exatamente esses requisitos de configuração? Há diretrizes para sua implementação? É viável implementá-los? Qual o design mais adequado para cada um eles? Eles realmente ajudam a alcançar o Design Universal? Essas são questões que só podem ser respondidas envolvendo o usuário no processo de levantamento de requisitos e design dos aplicativos.  Visando responder essas questões, com envolvimento do usuário, esse projeto foi desenvolvido. Como resultado dessa pesquisa, um conjunto de diretrizes de configuração e padrões de design de interface para cada um deles será fornecido.  O trabalho também fornecerá linhas de código aberto que implementa esses requisitos em Android® e que pode ser reutilizada em outros aplicativos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1763436 - JULIANA CRISTINA BRAGA
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1672965 - EDSON PINHEIRO PIMENTEL
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - AMANDA MEINCKE MELO - UNIPAMPA
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1545858 - ITANA STIUBIENER
Notícia cadastrada em: 04/10/2020 13:45
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-2.sigaa-2