PROFFILO MESTRADO PROFISSIONAL EM FILOSOFIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgprof-filo

Banca de DEFESA: NATHALIA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NATHALIA DE OLIVEIRA
DATA : 03/11/2021
HORA: 14:00
LOCAL: São Bernardo do Campo (modo remoto)
TÍTULO:

CORPOS INJURIADOS NA ESCOLA:

PROBLEMATIZAÇÕES PARA O ENSINO DE FILOSOFIA


PÁGINAS: 137
RESUMO:

 

Esta pesquisa apresenta e discute as experiências de uma professora-pesquisadora com a comunidade escolar de escolas públicas da periferia de São Bernardo do Campo. Seu objetivo principal é a compreensão, desnaturalização e possível (des)construção dos discursos acerca dos corpos injuriados na escola, o que traz à tona estereótipos, clichês e preconceitos acerca de representações de gênero, que visam fabricar, ditar, sancionar, vigiar e controlar determinados padrões de normalidade. Deste modo, a pesquisa incide sobre a emergência e a circulação de discursos presentes na vida escolar capazes de identificar, separar, diferenciar, julgar e rechaçar determinadas representações consideradas desviantes e anormais. No primeiro capítulo, apresenta-se a relação da professora-pesquisadora com o espaço, com as temáticas e os afetos que atravessam as vidas ali presentes, de maneira a dar visibilidade aos modos e às estratégias pelas quais as injúrias se apresentam nesta escola, em falas e em inscrições diversas. No segundo capítulo, discutem-se três versões de materiais didáticos elaborados pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (São Paulo Faz Escola), destinados ao trabalho pedagógico com questões de gênero, que tangem o universo das ciências humanas, e, em particular, o ensino de filosofia. A análise crítica dos problemas e das fragilidades destes materiais deu subsídios para a professora-pesquisadora pensar, construir e aplicar sequências didáticas criadas especificamente em atenção a um inventário de imagens (verbais e não-verbais) sobre as injúrias que atravessam o universo imaginativo e vivencial desta comunidade escolar apresentada no terceiro capítulo. Assim, em uma perspectiva intersecional, foi possível narrar as experiências vivenciadas com turmas do segundo ano do Ensino Médio, corpo docente e corpo gestor em relação ao uso do material criado no âmbito do ensino de filosofia. Destaca-se como parte deste processo o Dicionário "I de Injúria", que foi construído pela comunidade escolar, a partir da escolha de algumas injúrias presente em suas vidas, que foram narradas, descritas e ressignificadas a partir da escrita de verbetes temáticos.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1801755 - ALEXANDER DE FREITAS
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1947221 - MARILIA MELLO PISANI
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1734910 - PATRICIA DEL NERO VELASCO
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - CARLA RODRIGUES - UFRJ
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1941108 - MARINE DE SOUZA PEREIRA
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 3212768 - ALBERTO EDMUNDO FABRICIO CANSECO
Notícia cadastrada em: 29/09/2021 09:36
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-2.sigaa-2