PPGPPU PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgppu

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAMILA CAMPOS TINOCO FATTORI

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAMILA CAMPOS TINOCO FATTORI
DATA : 13/05/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Remoto
TÍTULO:

AS ESTRATÉGIAS DE COLABORAÇÃO NO PLANEJAMENTO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA NO CONTEXTO DA PANDEMIA


PÁGINAS: 50
RESUMO:

A pandemia da Covid-19 desafiou os gestores públicos a realizarem um planejamento educacional bastante desafiador. Foram decisões que envolveram a modificação da forma de oferta da educação considerando as atividades pedagógicas não presenciais (virtualmente ou por meio de impressos), assim como da forma de atuação das equipes para o teletrabalho, a entrega de itens alimentícios às famílias de estudantes, alterações na gestão de contratos entre outras decisões do período mais intenso da pandemia. Posteriormente as políticas se voltaram para a implementação das medidas sanitárias nas escolas que favorecessem o retorno progressivo dos estudantes, em tempos variados conforme a evolução da pandemia em cada localidade. Em um país com histórico marcado pelas desigualdades sociais e educacionais, cada decisão em torno deste planejamento contribuiu para a ampliação ou a redução das oportunidades educacionais dos estudantes. Diante da fragilidade da coordenação nacional no período, esses gestores buscaram diferentes estratégias para que o direito à educação pudesse ser assegurado, dentro dos limites estabelecidos pela situação de emergência sanitária. A hipótese da pesquisa é que as redes municipais de ensino, na ausência de uma efetiva colaboração vertical, sobretudo da parte do governo federal, efetivaram estratégias de colaboração próprias, em diferentes níveis (intermunicipais, interredes, interescolares, intraescolares e com a sociedade civil), conseguindo assim realizar o planejamento para o enfrentamento das consequências da Covid-19 na educação e implementar medidas necessárias de forma mais rápida, efetiva e com maior equidade, ao mesmo tempo em que experimentavam novas formas de colaboração. Para compreender como isso ocorreu, a pesquisa de método misto partirá de uma análise de dados já existentes do planejamento educacional de redes municipais na pandemia de forma a analisar as variações existentes no planejamento, agregando pesquisa qualitativa com gestores de Secretarias Municipais e de escolas de forma a mapear quais foram as estratégias de colaboração multinível na implementação desta política educacional. Assim pretende-se analisar conjuntamente as informações sobre o planejamento e sobre as estratégias de colaboração efetivadas. Ao sistematizar tais estratégias, espera-se contribuir para a pesquisa sobre a formulação de políticas educacionais de enfrentamento aos impactos da pandemia na educação, e também para outras situações desafiadoras que possam se apresentar nas quais as estratégias de colaboração possam ser intencionalmente provocadas pela gestão pública.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 2187287 - SALOMAO BARROS XIMENES
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 2226636 - MARIA LUIZA LEVI PAHIM
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - FERNANDO LUIZ ABRUCIO - FGV
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1493200 - CAROLINA GABAS STUCHI
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 2139326 - FERNANDO LUIZ CASSIO SILVA
Notícia cadastrada em: 12/05/2022 17:14
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa-1.ufabc.int.br.sigaa-1-prod