PPGENE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENERGIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Teléfono/Ramal: No informado http://propg.ufabc.edu.br/ppgene

Banca de DEFESA: THALES ROCHA DE MACEDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THALES ROCHA DE MACEDO
DATA : 23/04/2021
HORA: 09:00
LOCAL: online
TÍTULO:

O biodiesel no contexto da política nacional de biocombustíveis: análise dos parâmetros para emissão de CBIOs por usinas certificadas 


PÁGINAS: 86
RESUMO:

O biodiesel é definido como um combustível composto de alquil ésteres de ácidos carboxílicos de cadeia longa, produzido a partir da transesterificação de matérias graxas de origem vegetal (óleos) ou animal (gorduras), sendo o Brasil o segundo maior produtor mundial. A fim de cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris (2015) e o cenário estabelecido no Plano Nacional de Energia 2030, o Brasil construiu a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), reconhecendo a importância dos biocombustíveis na matriz energética brasileira. O objetivo principal dessa dissertação foi estudar os valores das Notas de Eficiência Energético Ambiental (NEEA), da fração do volume de biocombustível elegível (VE) e do fator para emissão de CBios obtidos pelas usinas de biodiesel que receberam certificação, além de analisar de que maneira a RenovaBio pode auxiliar a construir possíveis cenários para 2030. Foram analisadas planilhas da RenovaCalc e relatórios de validação das usinas de biodiesel que aderiram à RenovaBio, dividindo-as em dois grupos de acordo com suas Notas de Eficiência Energético Ambiental. Verifica-se que a RenovaBio apresenta um arcabouço teórico rico em informações e culminou num projeto de Estado que pode auxiliar o Brasil a cumprir suas metas de redução de GEE. A RenovaCalc se mostrou uma ferramenta simples de trabalhar e que permite calcular o impacto de todas as fases de produção de um biocombustível. A análise das usinas revelou que os maiores valores obtidos de NEEA foram para usinas que não possuem fração elegível de soja, mas isso não representa uma vantagem competitiva. O incentivo, por parte da RenovaBio, do uso de matérias primas elegíveis como óleo de soja de produtores que possuem Cadastro Ambiental Rural e sebo bovino poderia alterar os panoramas do crescimento do uso do biodiesel de palma para 2030. É esperado que as usinas conheçam melhor sobre seus processos no que tange ao uso de insumos agrícolas e energia, de modo que as certificações representem exatamente o que foi consumido para a produção do biocombustível.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1648855 - ANA MARIA PEREIRA NETO
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 2333950 - CONRADO AUGUSTUS DE MELO
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - RICARDO BELCHIOR TORRES
Membro Suplente - Examinador(a) Interno ao Programa - 1548098 - GILBERTO MARTINS
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - ANDREIA DE ARAÚJO MORANDIM-GANNETTI - FEI
Notícia cadastrada em: 29/03/2021 16:54
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-2.sigaa-2