PPGINV PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA E GESTÃO DA INOVAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Telefone/Ramal: Não informado http://propg.ufabc.edu.br/ppginv

Banca de DEFESA: FERNANDO GONÇALVES DE CASTRO FILHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FERNANDO GONÇALVES DE CASTRO FILHO
DATA : 09/12/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório, 8º andar, Bloco B, Campus SA da Fundação Universidade Federal do ABC, localizada na Avenida dos Estados, 5001, Santa Terezinha, Santo André, SP
TÍTULO:

ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE O COMPORTAMENTO DO MERCADO FINANCEIRO BRASILEIRO UTILIZANDO O GOOGLE TRENDS


PÁGINAS: 20
RESUMO:

Os preços dos mercados financeiros oscilam a todo momento, este é resultado da interação entre os participantes deste mercado. Estes participantes podem ser desde empresas com grande capital, até pequenos investidores individuais, porém, todos compram ou vendem produtos financeiros de acordo com suas expectativas sobre o futuro do mercado.

Normalmente, o que se espera do consumidor —  para o caso deste estudo, podemos substituir consumidor por investidor — é que este sempre procure aumentar sua satisfação reduzindo qualquer incerteza envolvida no processo de escolha de um produto ou investimento qualquer. Desta forma, consumidores e investidores tendem a assumir um comportamento mais ativo na busca de informações relativas a aquele produto ou investimento, o que nos dias de hoje, graças a avanços tecnológicos e maior acessibilidade de tecnologias, remete a buscas na internet. Quanto um consumidor pesquisa por produtos online, isto usualmente o leva a compra deste produto (SHIM, 2001).

De acordo com SIMON (1955), o processo de tomada de decisão do investidor começa pela etapa de reunir informações. Como dito anteriormente, o processo de coleta de informações na internet foi facilitado ao longo do tempo, e tem-se como principal tecnologia para este fim os mecanismos de busca. Este tipo de tecnologia ajuda na navegação pela web e, muitos usuários a utilizam como um ponto de entrada para a World Wide Web (WWW) (LIEBERAM-SCHMIDT, 2010).

A partir do ano de 2006, o Google (maior mecanismo de buscas do mundo) possibilitou a qualquer interessado acessar informações relativas a frequência de termos de pesquisa específicos que estavam sendo inseridos em seu mecanismo de pesquisa. Esta ferramenta, batizada de Google Trends — dado que seus dados se originam de usuários do Google —, vem sendo utilizada como forma de explicar alguns fenômenos sociais; um exemplo simples é a detecção de epidemias de gripe de acordo com a busca de palavras relacionadas aos sintomas da doença (GINSBERG, 2009). Este tipo de análise de dados também vem sendo aplicado aos mais variados assuntos, desde previsões relativas ao nível de desemprego dos Estados Unidos (ETTREDGE, 2005) até previsões de preços de casas e apartamentos (WU, 2009).

Para o mercado financeiro, estes tipo de análise vêm sendo empregados para previsão do preço do ouro (MAO, 2011), previsão de movimentos de commodities (RAO, 2013) e previsão volatilidade geral do mercado (DIMPFL, 2016). Segundo DA (2011), o volume de buscas realizados na internet relacionadas a nomes de índices do mercado de ações podem ser interpretadas como uma medida da atenção dos investidores para com este mercado. Quando este investidor verifica uma demanda crescente por informações sobre determinado índice de mercado, este possui grandes chances de utilizar mecanismos de busca como fonte de informação.

Posto este cenário, o presente estudo procura entender se é possível utilizar os dados de busca gerados na web como fonte de informação para prever o comportamento do mercado financeiro brasileiro. Seguindo a literatura recente (PREIS, 2013; CURME, 2014; PERLIN, 2016), podemos afirmar que este tipo de dado pode ser utilizado para o mercado financeiro dos Estados Unidos, porém, o que propomos aqui é explorar estas mesmas propriedades em um mercado menor, em desenvolvimento, mais concentrado e mais dependente de capital estrangeiro.

Para um melhor entendimento, este trabalho está organizado como segue: apresentação da revisão bibliográfica pertinente ao assunto. Em seguida, a metodologia científica utilizada é detalhada em cada um de seus passos. Seguindo, teremos a exposição dos resultados obtidos e por último, forneceremos as considerações finais sobre o tópico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - Interno ao Programa - 1914234 - ALEXANDRE ACACIO DE ANDRADE
Membro Titular - Examinador(a) Interno ao Programa - 1603909 - RICARDO GASPAR
Membro Titular - Examinador(a) Externo à Instituição - ALEX CANDIAGO - UFABC
Membro Suplente - Examinador(a) Externo ao Programa - 1671280 - ALVARO BATISTA DIETRICH
Membro Suplente - Examinador(a) Externo à Instituição - ANDRÉ LUIZ VEIGA GIMENES - USP
Notícia cadastrada em: 16/10/2019 15:32
SIGAA | UFABC - Núcleo de Tecnologia da Informação - ||||| | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa-1.sigaa-1